• 7ª Arte,  Secções

    LEFFEST – A volta ao mundo em mil conceções do socialismo

    Jean-Luc Godard nunca deixou de constituir uma surpresa no universo cinematográfico. Nem mesmo em 2010, quando dividiu o socialismo em três cenários, fazendo-o navegar pelo Egito, por Israel, Odessa, pela Grécia, por Nápoles e até mesmo por Barcelona. O que é certo é que, por esse périplo tão grande, pode julgar-se que a sua essência se perdeu… Por sorte, esse mito foi desmistificado no Lisbon & Estoril Film Festival com a exibição do Film Socialisme. No geral, existe um acordo naquilo que concerne à definição da palavra socialismo: é uma doutrina política e económica, que data do século XVIII e que se caracteriza pela ideia de transformação da sociedade através…

  • 7ª Arte,  Secções

    LEFFEST – La fille inconnue

    Os irmãos belgas Dardenne, Jean-Pierre e Luc, voltam a produzir uma obra cinematográfica, desta vez a intitulada La Fille Inconnue. Lançada a 5 de novembro de 2016 na Bélgica, teve a sua exibição no cinema português através do Lisbon & Estoril Film Festival ‘16, no dia 9 de novembro (Cinema Medeia Monumental, no Saldanha) e no dia 11 de novembro (Casino Estoril). Fazendo jus ao título do filme, o drama desenrola-se a partir do aparecimento do corpo sem vida de uma «rapariga desconhecida» junto ao rio Mosa. Do lado oposto ao local do crime encontra-se o consultório de uma jovem médica, Jenny Davin, interpretada notavelmente pela atriz Adèle Haenel, na qual…

  • 7ª Arte,  Secções

    LEFFEST: “Cães”, de Bogdan Mirica

    https://www.youtube.com/watch?v=PMBDvvKqFfY Depois de se iniciar no cinema em 2011 com “Bora Bora”, o realizador romeno Bogdan Mirica traz ao Lisbon & Estorial Film Festival a sua primeira longa-metragem, “Cães”, que conquistou o prémio Un Certain Regard no Festival de Cinema de Cannes. O filme, influenciado pela infância do realizador numa zona rural na Roménia, retrata a história de Roman, um homem de meia-idade que herda do seu avô algumas terras numa das áreas fronteiriças perto do rio Danúbio. Com a herança material, Roman herda também alguns dos problemas que assolam a zona, no que diz respeito às atividades do seu avô e daqueles que trabalhavam para ele. “Se até as…

  • 7ª Arte,  Secções

    LEFFEST: Godard e as suas dúvidas existenciais

     “Jean-Luc Godard é mais que um cineasta, é quase um investigador científico do cinema: para além de ter assumido um papel essencial na arte francesa, destacou-se no panorama internacional. Não deixou a sua marca somente na nouvelle vague, mas sim em toda a história do cinema” – foi deste modo que Jean Douchet, realizador, historiador e crítico cinematográfico, abordou a vida e obra de um dos mais aclamados realizadores no segundo dia do Lisbon & Estoril Film Festival.   Sempre quebrou regras e é considerado vanguardista e polémico. No Cinema Medeia Monumental, no Saldanha, surpreendeu os fãs desolados de Monica Bellucci que não haviam obtido bilhetes para a sessão de…

  • 7ª Arte,  Secções

    LEFFEST: O antirreflexo de Cornelia

    “Que elimina ou reduz o reflexo da luz” – é este o significado de antirreflexo, palavra que pode ter surgido na mente dos espectadores que assistiram à exibição de Cornelia Frente Al Espejo, no dia de arranque do Lisbon & Estoril Film Festival. Cornelia, bonita e astuta, captou a atenção de todos os presentes no Cinema Medeia Monumental, no Saldanha. O seu percurso conturbado e o seu cariz manipulador deixam qualquer pessoa surpreendida. Na verdade, esta não se trata de uma pessoa presente na sessão cinematográfica, mas sim da protagonista do filme realizado por Daniel Rosenfeld. O filme começa com o regresso desta jovem à casa da sua tia e com o seu solilóquio frente ao espelho:…

  • 7ª Arte,  Secções

    Lisbon & Estoril Film Festival 2016

    O Lisbon & Estoril Film Festival (LEFEST), o festival português para quem é viciado em cinema, vai decorrer de 4 a 13 de novembro em 11 espaços diferentes entre Lisboa e Cascais. Para esta décima edição, o festival preparou uma homenagem ao realizador franco-suíço da nouvelle vague, Jean Luc-Godard, e irá exibir uma retrospetiva integral da sua obra (cerca de uma centena de filmes) e ainda um simpósio internacional. Outros realizadores como Jim Jarmusch e Teresa Villaverde também terão a sua obra exibida por completo durante o festival. Não só de homenagens ao passado se faz o LEFEST: em competição estarão 13 filmes, entre eles “American Honey” de Andrea Arnold…