• Secções

    “Serei um melhor jornalista se for um bom pai”

    Entrevista a Marcos Pinto Podes ouvir a entrevista completa em: Quis ser padre; quis ser militar; disseram-lhe que tinha perfil para ser camionista e hoje em dia é pivô na TVI24. Faz televisão actualmente, mas começou na Rádio Clube Português. Diz que a rádio é a vida dele, a grande paixão da vida dele. Marcos, a vida trocou-lhe as voltas ou foi o Marcos que trocou as voltas à vida? Iiiiiih… Que grande pergunta… Ah… (Pensativo). Eu acho que as duas coisas. Até uma determinada altura da nossa vida, quando estamos em casa dos pais, temos uma história familiar que nos agarra no tempo. Mas depois – eu acho que…

  • Opinião,  Secções

    Egocentrismo amoroso

    Não quero ter filhos. O próprio conceito de paternidade assusta-me tremendamente: o fardo de ter de moldar o futuro de um recém-nascido, o dispêndio temporal e a subsequente destruição dos meus (ou nossos, dependendo do grau de divórcio) tempos livres e a pressão social intrinsecamente relacionada com os comentariozinhos do tipo “se ele fosse o meu filho, eu…”. Que dor de cabeça! Já tenho doenças mentais que cheguem! A minha ansiedade patológica ia gritar por piedade. Para dizer a verdade, é mais egoísmo do que outra coisa. Adoro estar sozinho. Não no sentido de me sentir só, mas no de ter o meu espaço, o meu silêncio. Todas as relações…