• Literatura,  Secções

    Uma Livraria Solidária

    Francisca Prieto tem uma filha portadora de Trissomia 21. Isto podia não ter qualquer relevância, mas, para esta reportagem, é um excelente ponto de partida. Se esta premissa não se manifestasse, talvez a livraria Déjà Lu não existisse. Francisca criou este projeto para poder não só libertar-se de alguns livros acumulados, fruto de uma grande paixão pela literatura, mas também para poder ajudar a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21. Começou por ser uma loja online mas desde fevereiro que pode ser visitada na Cidadela de Cascais, no primeiro andar do restaurante Taberna da Praça. Nesta livraria há lugar para todos os livros. Sim, todos! Desde livros de crianças…