• Opinião

    Não é só meter uma cruzinha

    No passado dia 1 de outubro, votei pela primeira vez na condição de cidadão deste país à beira-mar espojado, à espera de que um tsunami o livre deste triste fado. Já tinha votado na condição de cidadão sportinguista e, apesar de ter ficado um pouco pretensioso na altura, não se compara à força do sentimento no momento do meu voto nestas autárquicas.  Meter aquelas cruzinhas fez com que eu pensasse ter, por algumas horas, um doutoramento em Ciências Políticas: “Claro que candidato x obteve x por cento dos votos; então ele não fez isto, aquilo e aqueloutro? Por isso é que blá blá blá”, afirmo, apaixonadamente, enquanto são divulgados os…

  • Atualidade,  Informação

    Irlanda vai hoje a votos depois do fim da austeridade

    As eleições legislativas irlandesas decorrem hoje e tudo indica que a coligação governamental que aplicou o programa de austeridade não terá maioria para formar governo. A indecisão marca as sondagens para as legislativas de hoje na Irlanda. “Cansado de austeridade”, dizem os analistas, o eleitorado deverá tirar a maioria à coligação de centro-direita no poder que aplicou o programa de austeridade. Para a generalidade dos observadores, os irlandeses querem uma mudança de políticas apesar de o país ter crescido, em 2015, mais de 5% (uma crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) superior à superpotência China). Apesar da descida do desemprego para metade (8,6%) e da grande recuperação económica, a coligação…

  • Atualidade,  Informação

    Porta aberta nas eleições para as mulheres sauditas

    Um pequeno passo para as mulheres, um grande passo para a Arábia Saudita. É isto que representa as eleições do último sábado no país do Médio Oriente, onde as mulheres puderam votar e ser candidatas pela primeira vez na história. Dos 2100 lugares que foram a votos, pelo menos 20 pertencem agora ao sexo feminino e abre assim uma fissura na ordem conservadora do país. Dos 7000 candidatos, cerca de 979 eram mulheres. Em comparação com os dois últimos períodos eleitorais, 2005 e 2011, é uma mudança radical já que até então só existiam eleitores e candidatos masculinos. Tudo mudou em 2011, quando o anterior rei saudita Abdullah bin Abdul…