Atualidade

Tusk reeleito presidente do Conselho Europeu

Apesar da Polónia, o seu país de origem, ter votado contra, Donald Tusk foi esta quinta-feira, 9 de março, reeleito presidente do Conselho Europeu.

Com o apoio quase total dos restantes membros do Conselho Europeu, Donald Tusk foi reeleito e mantém-se no cargo de presidente do Conselho Europeu por mais dois anos e meio.
A concorrer ao mesmo cargo estava a primeira-ministra polaca, Beata Szydlo, do partido conservador Lei e Justiça (Pis).

Tusk contou com o apoio de 27 Estados membros, apenas com o voto contra da Polónia, o seu país de origem, e do qual já foi inclusive primeiro-ministro, entre 2007 e 2014.

Uma das razões apresentadas pelo executivo polaco para este voto contra prende-se com o alegado envolvimento de Tusk em assuntos internos do próprio país, colocando em causa a sua posição neutra no Conselho Europeu.

Os representantes dos diversos Estados membros assinalaram a importância de uma Europa estável, como foi o caso do presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, em declarações ao jornal espanhol El País – “Creio que fez um bom trabalho e que a Europa necessita de estabilidade e não de mudanças que não conduzem a lado nenhum”.

Na atual agenda do conselho Europeu estão temas como o futuro económico da União, a migração, a segurança e a defesa, bem como as questões de política comercial que envolverão Trump.
Tusk, que termina o atual mandato a 31 de maio, manter-se-á como presidente da instituição até 2019 e estará envolvido no processo de negociação da saída do Reino Unido da União Europeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *