Capital

Veggie World

Já ouviu falar de veganismo ou do estilo de vida vegan? “Vegan” significa “alguém que não consome qualquer tipo produto animal ou de origem animal”. O veganismo, por sua vez, é o movimento que acompanha este estilo de vida. O movimento vegan tem vindo a crescer de forma exponencial, principalmente nos últimos quatro anos.

Para acompanhar o crescimento desta tendência começaram a ser criados diversos com o intuito de publicitar este estilo de vida. O Veggie World é um deles – aquele que vos vai ser apresentado hoje. O Veggie World é o maior e mais antigo evento do género na Europa, sendo vocacionado para o público em geral e também para profissionais. É extremamente popular entre visitantes e expositores, que acompanham com interesse o crescimento da tendência Vegan enquanto estilo de vida e comportamento alimentar.

Este evento chegou pela primeira vez a Lisboa em abril de 2018 e, devido ao seu enorme sucesso, foi realizada uma segunda edição apenas sete meses depois. A edição de inverno do Veggie World Lisboa teve lugar no coração de Lisboa – o Pátio da Galé – nos dias 17 e 18 de novembro. Contou com mais de 40 expositores e cerca de 10 oradores.

Os expositores são dedicados a vários temas, tais como a comida vegan, neste caso frutas e vegetais crus, produtos substitutos da carne, super-alimentos, suplementos alimentares, produtos de saúde, sobremesas vegan, sumos e smoothies. Podemos ainda encontrar cosmética vegan e ficar a conhecer um pouco mais os cuidados capilares e corporais que existem. Para os fãs de moda, existem ainda expositores unicamente dedicados a este tema, que nos mostram todo o tipo de vestuário, sapatos e acessórios, que, para além de terem sido fabricados de forma eticamente correta, ainda são amigos do ambiente. O tema casa vegan é algo que não fica de fora deste evento: o Veggie World apresenta todo o tipo de alternativas a produtos de cozinha, a produtos para o lar e a produtos de limpeza. Existe uma imensidão fantástica de propostas de muitas empresas e empreendedores, não só artigos alimentares.

Em todas as bancas relacionadas com comida vegan, para além de termos todo o tipo de panfletos com a explicação de cada artigo, havia sempre produtos para degustação, o que tornou a experiência mais …..

O que complementa de forma tão maravilhosa este evento são os fantásticos oradores  que nos são apresentados durante os dois dias.

No dia 17, fomos presenteados com a Dra. Melanie Joy, que nos falou do seu livro, agora editado em Português, Why We Love Dogs, Eat pigs, Wear cows – An Introduction to Carnism. Em segundo lugar, pudemos esclarecer as nossas dúvidas relacionadas com nutrição e também como manter uma dieta saudável com a Nutricionista Rita Silva. De seguida, Cátia Curica, fundadora do universo Organii, falou-nos de cosmética vegan. Cátia acredita que até a pele mais sensível ou problemática pode ser cuidada com produtos bons para o corpo e para o ambiente. No início da tarde, Marta Ferreira, fundadora do projeto Martilicious Food, mostrou-nos como se podem desenvolver receitas (unicamente vegetarianas) de forma simples, sem fundamentalismos e super deliciosas. Para terminar o primeiro dia do evento, Bruno Francesc, Head bartender e embaixador da marca Juniper Green Organic Gin, apresentou-nos um leque de receitas para fazer cocktails 100% biológicos.

O dia 18 começou a Chefe de cozinha alemã Yuki, que falou do mundo do agar-agar, 100% vegetal e muito saboroso. Yuki é muito criativa em todas as suas receitas e o seu Veg Food Lab, em Lisboa, é dedicado ao desenvolvimento de menus e à educação de eventos sobre alimentação consciente (e, ao mesmo tempo, saborosa). É também a fundadora do blog All You Need Is Veg e é através das redes sociais que divulga as suas receitas. De seguida, recebemos o Dr. João Graça, Investigador de Pós-Doutoramento na Universidade de Lisboa e Professor Auxiliar Convidado na Universidade Católica Portuguesa, que nos falou da sua investigação acerca de hábitos de consumo mais saudáveis e sustentáveis. O terceiro lugar do dia foi dedicado à comida tradicional portuguesa, mas com um vegan twist – o Chefe, professor e músico Victor Rodrigues (proprietário do restaurante Em Carne Viva, no Porto), ensinou a audiência a fazer uma das receitas que constam no menu do seu restaurante – Sem Espinhas À Lagareiro. Para terminar o último dia do Veggie World Lisboa, ouvimos a Professora Catarina Prista a falar do tema “Alimentos fermentados: uma forma diferente e saudável de comer”.

No geral, todo o evento estava bem organizado, sem filas de espera, sem atrasos. O ambiente era muito acolhedor; todos os oradores se disponibilizaram para esclarecer dúvidas; os membros do staff eram amigáveis e sempre disponíveis. Espero que haja uma terceira edição deste evento o mais brevemente possível.

Artigo corrigido por: Mariana Coelho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *