Agenda Cultural

E, com o mês de dezembro a dizer-nos «olá» pela frincha da porta, está na altura de retribuirmos, descobrindo tudo o que vai acontecer neste que é um mês cheio de magia, luz e cor. A tua magazine dá-te umas dicas!

Visita a exposição «Follow Me», do artista plástico Noel Fischer, na Galeria Monumental – até ao dia 12 de dezembro (de terça a sábado, entre as 15h e as 19h30). Aqui, podes encontrar pintura a óleo e duas séries recentes de azulejos. A primeira é constituída por «700 azulejos pintados a três cores, nos quais o artista grafitou esboços a partir dos seus diários gráficos dos últimos dez anos». Na segunda, há cerca de «100 telas em vários tamanhos, que documentam experiências e impressões do quotidiano».

No que diz respeito ao teatro, não podes perder a peça «As Criadas», na Sala Estúdio do Teatro Nacional Dona Maria II, em Lisboa. Nesta peça, em cena até ao dia 18 de dezembro, não te aconselhamos a ficar na primeira fila. Vai descobrir o porquê.

E, se gostas de ser surpreendido, vai ao Lx Factory até ao dia 31 de dezembro ver «Water Closet» (WC). «O que pode acontecer quando dez mentes criativas têm toda a liberdade de criar num não-lugar como é a casa de banho? Tudo, tudo pode acontecer». Curioso?

És fã de desenho? Tens «Desenhos Têxteis». Uma exposição da autoria de Filipe Rocha da Silva. Podes visitá-la na sala de exposições temporárias do Museu Arpad Szenes – Vieira da Silva, até ao dia 22 de janeiro (de terça a domingo, entre as 10h e as 18h). Esta é uma exposição que te apresenta «peças que têm por suporte a recriação de paisagens numa tela semelhante à usada nos tapetes de Arraiolos».

Podes ainda assistir a «The Mikado» ou «The Town of Titipu»: dois nomes que se referem ao mesmo musical satírico. Este é da autoria de Gilbert e Sullivan e está em cena no Estrela Hall entre os dias 1 e 18 de dezembro.

No Museu de Arte Contemporânea, tens a possibilidade de visitar a exposição «Debaixo do Vulcão», até ao dia 26 de março de 2017. Nesta, Hugo Canoilas propõe «um repensar da experiência contemporânea de noções de espaço, tempo e recessão». Estás disposto a questionar o que julgavas inquestionável?

E, como o Natal está à porta, a magia acontece. Vai ver «O Quebra-Nozes», um bailado clássico que tão bem caracteriza esta época festiva. Está dividido em dois atos e é interpretado pela companhia Russian Classic Ballet, de Moscovo. E o local? Podes escolher: o Centro Cultural de Belém (CCB) – no dia 9 de dezembro às 21h e nos dias 10 e 11 de dezembro às 16h –, o Centro Cultural Olga Cadaval – no dia 16 de dezembro às 21h30 – e o Teatro Tivoli BBVA – nos dias 20 e 21 de dezembro às 21h.

Ainda no Teatro Tivoli, podes assistir a «O Lago dos Cisnes», um bailado interpretado pela mesma companhia – Russian Classic Ballet –, liderada por Evgeniya Bespalova. Este bailado clássico pode ser visto nos dias 22 e 23 de dezembro às 21h e no dia 25 de dezembro às 18h.

E, se gostas de teatro, música e patinagem no gelo, temos o ideal para ti! Vai assistir à «Cinderela no Gelo», presente na AM Live Igloo – um local construído exclusivamente para este evento –, situada na parte exterior do Centro Comercial Alegro Alfragide. Este espetáculo, baseado no conto original dos irmãos Grimm, pode ser visto até ao dia 8 de janeiro, em diferentes horários.

 

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *