Opinião

Anúncios em época natalícia

Todos os anos, quando chega a época do Natal, para além de presentes, comida e variadas emoções, somos invadidos pela exorbitante quantidade de anúncios e campanhas publicitárias que visam apelar, não só a esta época, como ao consumo que é gerado na mesma. De facto, temos diversos anúncios por onde escolher, anúncios esses que ao longo de todos os Natais nos marcaram, seja por nos trazerem algo de novo e que acrescentava algo a esta data, como o exemplo da Coca-Cola com a invenção da imagem do Pai Natal, ou até mesmo por serem campanhas com que nos identificámos por invocar o nosso lado emocional, como os da Vodafone que, por norma e ultimamente, nos fazem sempre valorizar os nossos entes queridos nesta época.

Este ano, a meu ver, tivemos vários anúncios e campanhas que foram marcantes, não só dentro do país como internacionalmente. No que toca aos que foram produzidos em Portugal, tenho uns quantos a apontar que espero que vão ao encontro daqueles em que vocês notaram, de modo a compreenderem melhor a minha opinião.

Começando por falar na campanha da NOS neste Natal que foi constituída por diversos anúncios em que o elemento base era a troca de prendas que não se enquadravam naquilo que a personagem que as recebia iria desejar, substituindo-as sempre por telemóveis NOS. Eu achei que estes anúncios foram, não só bem pensados a nível criativo, como ainda bem produzidos a nível de produção cinematográfica. Não só apelaram a um lado mais inesperado de uma publicidade típica de telemóveis, como a comédia neles inserida foi bem posicionada e conseguiu captar melhor a atenção dos consumidores.

O segundo anúncio de que vos quero falar é, por sua vez, competitivo indiretamente com o anúncio anterior, por ser de uma operadora diferente, no entanto não podia deixar de o referir, por isso vou falar da inovadora campanha da MEO para esta época. Nos anúncios desta operadora entrou, como estrela principal, o Cristiano Ronaldo e fez um brilhante papel em que se colocou na personagem principal do famoso filme “Sozinho em casa”. Encarei este anúncio com uma certa surpresa, pois as campanhas anteriores da MEO nesta época natalícia não costumavam ser as minhas preferidas, de todas as campanhas nacionais. Deste modo, achei uma excelente ideia terem brincado com o filme e o futebolista, de uma forma cómica.

Por fim, vou referir o meu anúncio preferido deste Natal, tanto pela sua produção como pelas características escolhidas na mesma, como a música de fundo, e ainda o seu slogan final. Estou, portanto, a falar do anúncio da Audi para esta época em que se estreia o novo Audi A5 coupé. Eu sou um pouco suspeita por ter escolhido este anúncio desta campanha como o meu favorito, por adorar publicidade feita a carros, no entanto achei que esta merecia uma segunda vista de olhos. A publicidade começa com uma voz que diz: “Se a Inteligência Artificial pudesse sonhar, sonharia com o novo Audi A5 coupé”; e acaba com o seguinte slogan: “Engenharia com alma”. Todo o anúncio apela à novidade tecnológica e claro à imagem do novo carro que a Audi está a apresentar. Por ser um anúncio com um aspeto futurístico, onde conseguiram agarrar o espetador ao ecrã, achei que fosse importante o referenciá-lo.

Em suma, nesta época, quer queiramos quer não, o consumo é o que está mais vincado na sociedade e, deste modo, as marcas aproveitam para se destacarem e também as agências publicitárias têm de se preparar para um acréscimo na quantidade de anúncios e campanhas. Isto tudo para conseguir a atenção dos consumidores, que somos nós também. Estando no curso de Publicidade e Marketing dou mais atenção a anúncios e poderia referir muitos mais; mas e vocês, quais são os vossos anúncios preferidos ou que vos marcaram?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *