• Media

    Breaking Bad: Como se cria um vilão

    Breaking Bad não é a tua série habitual. Era uma vez um protagonista, um herói invencível que anda atrás de um grande vilão – esta é uma narrativa que pode ser assistida cada vez que se liga o pequeno ecrã.  Walter White, o protagonista de Breaking Bad, não adota nenhuma destas caraterísticas. Não é um herói e nunca o tenta ser, mas também não é o típico vilão. É apenas um cidadão normal: tem uma mulher grávida e um filho com paralisia cerebral, e um modesto emprego como professor de química na escola local. Tem cancro do pulmão e é terminal. A doença é a impulsionadora de todos os acontecimentos…

  • Media

    Este é o Futuro (segundo “Black Mirror”)

    Mas, afinal, o que é o Black Mirror? Em “Black Mirror”, cada episódio retrata uma nova história completamente diferente da anterior, com diferentes personagens. O único aspeto que se mantém é a análise da sociedade atual, através de sátiras e de cenários assustadores que tentam prever qual o futuro com as novas tecnologias. Um dos episódios que melhor ilustra o universo de “Black Mirror” chama-se “Em queda livre” – o primeiro episódio da terceira temporada. A história tem como protagonista Lacie, que vive com o seu irmão, Ryan, num bairro suburbano. Neste mundo, as pessoas podem avaliar-se em tempo real numa aplicação, com uma cotação que varia entre 1 e…

  • Media

    “Ordem Moral”: não é maluca, só não é submissa

    Maria Adelaide Coelho da Cunha era, em 1918, a herdeira do Jornal Diário de Notícias. Uma mulher da alta sociedade que não segue a Ordem Moral, devido às suas atitudes incomuns para a época. Aproxima-se e cuida dos doentes, mantém amizades com empregados, interessa-se pela arte do teatro e tem convicções feministas. Logo nas primeiras cenas desta pequena série, coordena uma peça com as suas amigas. Esta peça, mais tarde, acaba por ser elogiada pelo seu caráter revolucionário, especialmente porque inclui mulheres que representam papéis masculinos, algo que, segundo Maria Adelaide, serviu “para me vingar do tempo em que os papéis de mulheres eram dados aos homens”. Era alvo de…

  • Media

    Allen V Farrow: Da Fama às alegações de Pedofilia

    Woody Allen é tão famoso pelo seu trabalho na sétima arte como pelas alegações de pedofilia de que foi alvo e pelo seu controverso casamento. O novo documentário da HBO “Farrow v Allen” retrata como Woody Allen passou de realizador e ator acarinhado pelo público para ser reconhecido pelas acusações na praça pública, algo que começou na década de 90, mas que vive até aos dias de hoje graças também ao movimento #MeToo. Esta é uma narrativa contada sobretudo por Mia Farrow e pelos seus familiares e amigos, mas conta com depoimentos de Woody Allen retirados da sua biografia, em formato áudio, publicada em 2020, que intitula Apropos of Nothing.…

  • Media

    A emancipação das mulheres negras em Madam C. J. Walker: Uma Vida Empreendedora

    Madam C. J. Walker: Uma vida empreendedora é uma série inspirada numa história verídica. Madam C. J. Walker foi a primeira milionária americana por mérito próprio, devido à comercialização de produtos capilares para mulheres negras. Apesar do sucesso que alcançou, Walker tem origens humildes. Nasceu numa plantação de algodão, filha de pais escravos, no Louisiana, Estados Unidos da América. O seu sonho sempre foi ter um cabelo bonito e cuidado, mas este foi empurrado para debaixo do tapete, devido às dificuldades sociais de que era alvo. Mesmo após a abolição da escravatura naquele país, o medo era um sentimento presente. C. J. Walker era vítima de um casamento infeliz, marcado…

  • Media

    Bridgerton: Podia ser mais um conto de fadas

    Bridgerton podia ser mais um conto de fadas, mas não o é. Começa como tal: era uma vez no século XIX, na grande cidade de Londres, onde vivia uma abastada família de apelido Bridgerton. Este agregado familiar é composto por oito filhos, sendo que o enredo se debruça mais na jovem Daphne. É um universo pintado por quilómetros de vestidos de cor pastel, construído sob mansões gigantes e luxuosas, ao som de festas e bailes pomposos, abafadas pelo som de espadas nos duelos e pelos cascos dos cavalos durante os passeios, inspirados nas obras de Julia Quinn. A inocente e ingénua Daphne é empurrada para o matrimónio. Durante esta valsa,…

  • Media

    Gambito de Dama: Realidade a preto e branco

    Escuridão e um bater na porta, segundos depois emerge duma banheira uma rapariga aflita. É deste modo tão vulnerável que nos é apresentada Beth Harmon. Gambito de Dama foi um dos sucessos inesperados da Netflix. Uma minissérie sobre xadrez, inspirada no livro com o mesmo nome, publicado em 1983, por Walter Tevis. Este escritor sofreu com a toxicodependência durante a juventude, algo que inspirou a história de Beth. Este fenómeno pode ser explicado, porque Gambito de Dama vai muito além de um tabuleiro. Consegue retratar de uma forma crua, a preto e branco, a realidade de uma criança que perdeu tudo e a sua ascensão. Esta acaba perdida num orfanato…

  • Media

    Gossip Girl: O Reboot

    A Gossip Girl vai regressar ao Upper East Side, em 2021. A série que foi um fenómeno mundial vai voltar aos ecrãs com uma nova história e elenco. Uma história de glamour e sofisticação passada em Nova Iorque, que já foi citada por Barack Obama e que tem o seu próprio feriado. Uma nova edição do programa que fez sucesso no início do século retorna à HBO. Esta série acompanha a vida de um grupo de jovens privilegiados de um colégio de Nova Iorque e como lidam com a passagem de adolescentes para adultos – com “gossip”. A história continua oito anos depois da história original e irá abordar de…