Música

“Equals”: entre o pop comercial e a autenticidade

O quarto álbum de estúdio de Ed Sheeran conta com 14 faixas, incluindo os hits Bad Habits e Visiting Hours (uma homenagem ao amigo que faleceu), bem como  Shivers com mais de 54 milhões de streams no Spotify.

Bad Habits e Shivers são temas mais eufóricos e próximos do pop comercial, que fogem à essência inicialmente reconhecida em Ed Sheeran, mas que por outro lado mostram a sua originalidade criativa.

Fonte: Youtube

A chegada deste novo disco reforça o poder do artista nas principais plataformas digitais. O cantor partilha nas suas músicas experiências que marcaram o seu crescimento a nível pessoal e artístico.

Neste álbum, o artista reflete sobre os vários níveis de amor e explora temas como a perda, a paternidade e a sua carreira. O disco é marcado pela versatilidade musical de Ed Sheeran. 

Podemos ouvir alguns temas que fazem lembrar a autenticidade das músicas antigas do cantor, como First Times. Há algo de especial na união da voz do artista com o som da guitarra.

Fonte: Youtube

A música The joker and the queen é uma balada de piano que parece ter sido gravada sem grande esforço. Com esta canção genuína, Ed Sheeran consegue reinventar-se mais uma vez. É este tipo de canções que o diferenciam dos restantes artistas.

Fonte: Youtube

Na música Visiting Hours, Ed Sheeran faz uma homenagem a Michael Gudinski, produtor australiano, com quem o cantor trabalhou. A perda deste amigo é o tema da  canção e o artista expressa o seu desejo de existirem horas de visita no céu. É, provavelmente, o tema mais emotivo do álbum.

Fonte: Youtube

Love in slow motion  é uma melodia simples e repleta de palavras sinceras, que consegue chegar ao coração dos fãs. Neste tema podemos transportar a nossa mente para um ambiente pacífico, onde nada mais importa.

Fonte: Youtube

Em Tides, Ed Sheeran fala sobre a sua paternidade e reflete acerca do que mudou, ao mesmo tempo que diz ter consciência de que ele continua a ser o mesmo de alguma forma.

Fonte: Youtube

Na música 2step o cantor realça as suas características musicais do passado e do presente. Leva-nos a relembrar o antigo estilo de Ed Sheeran com o qual crescemos a ouvir.

Fonte: Youtube

Este é um álbum íntimo, que revela as preocupações e esperanças de Ed Sheeran. Com letras fortes e honestas, o artista partilha com os fãs as mudanças que ocorreram na sua vida e deixa-os conhecer o seu lado mais genuíno. Tal como as borboletas que representam a transformação, também o seu disco reflete a passagem do cantor para uma nova fase da vida.

Fonte de capa: Divulgação 

Artigo revisto por Madalena Ribeiro