• Opinião

    O poder do humor na desconstrução moral da sociedade

    Em Portugal, a stand-up comedy tem crescido fortemente, bem como os canais de YouTube que servem de palco aos humoristas. A verdade é que o humor tem tido um papel fundamental na desconstrução dos valores morais da sociedade. As pessoas riem-se das piadas que lhes são dirigidas, porque o humor incorpora fenómenos de identificação. Contudo, os humoristas portugueses continuam a ser alvo de críticas pelas suas piadas. A censura continua a existir e, por vezes, a liberdade de expressão que a democracia conquistou parece estar a perder-se por motivos mesquinhos. Se há limites para o humor, também há limites para a liberdade de pensamento. Se as pessoas se ofendem e…

  • Opinião

    Solidão na Era Digital: A desconexão é possível

    Se, por um lado, a Internet e as redes sociais permitiram uma aproximação entre as pessoas, por outro lado, também vieram prejudicar a espontaneidade das relações. A verdade é que cada vez mais somos dependentes da tecnologia. Parece que de repente tornou-se estranho conviver com as pessoas sem ser através desses meios tecnológicos. Muitas vezes, as pessoas estão juntas e não conseguem aproveitar o momento, pois estão mais interessadas naquilo que se passa nas redes sociais. O interesse por saber a que se deve a nova notificação parece ter mais peso do que ter uma conversa cara a cara sobre coisas que realmente importam. Estar presente em corpo e ausente…

  • Música

    Eminem: Quer a “Cancel Culture” calar o Rap God?

    Marshall Mathers, mais conhecido por Eminem, foi alvo da “cultura de cancelamento”. A música “Love the way you lie”, cantada pelo rapper e por Rihanna, lançada em 2010, foi agora alvo de críticas. Um utilizador da rede social Tik Tok lançou a ideia de “cancelar” o rapper devido à letra da música. Na perspetiva do utilizador que faz parte da Geração Z, a geração nascida entre a segunda metade dos anos 1990 e o ano de 2010, a canção contém uma linguagem agressiva e ofensiva contra as mulheres. A campanha contra Eminem na rede social Tik Tok teve início no mês de fevereiro, quando o mesmo utilizador publicou um vídeo…

  • Opinião

    Viver com ansiedade nos dias de hoje

    Estar ansioso é viver no futuro. Viver a ansiedade é estar sozinho nos próprios pensamentos. Na mente, tudo faz sentido, mas expressar certas emoções parece ser egoísta. Há quem sofra mais e, por isso, queixarmo-nos de alguma coisa para justificar a nossa ansiedade parece ser injusto. Mas o injusto não será pensar dessa forma? Não será, de certa forma, hipócrita? A verdade é que seria mais difícil compararmo-nos com quem tem mais, faz mais, diz mais; e, por isso, não o fazemos. Estar ansioso não representa alguém que projeta vários planos a realizar, mas alguém que se imagina a ser capaz de tudo sem sair da mente. Sofrer de ansiedade…

  • Música

    Machine Gun Kelly: Do Rap ao Pop Punk

    Nasceu como Colson Baker, mas transformou-se em Machine Gun Kelly. É com este nome que tem construído o seu percurso na música e, atualmente, o artista tem mostrado uma forte versatilidade. Abandonou o rap e tem-se superado no pop punk, deixando os seus fãs surpreendidos e rendidos ao seu talento Machine Gun Kelly sempre foi conhecido como rapper; contudo, nunca negou que as suas maiores influências provinham do rock. Em “Hollywood Whore”, o cantor utiliza referências ao instrumental da canção “Numb”, clássico do ex-vocalista Chester Bennington da banda de rock Linkin Park. Chester tornou-se num dos maiores nomes da história deste estilo musical nos anos 2000, sendo capaz de misturar…