Música

Omar Rudberg: cantor, ator, dançarino ou modelo? TODOS!

O single Mi Casa Su Casa foi lançado no passado dia 7 de janeiro, acompanhado por um videoclipe que não podes deixar de ver, mas antes de entrar em detalhes, apresentamos-te quem é, de facto, o artista. Omar Rudberg nasceu na Venezuela, em 1998, mas mudou-se para a Suécia com apenas seis anos de idade. Desde novo sempre teve bastante interesse pelo mundo da arte e da performance, dando os seus primeiros passos no programa televisivo sueco Talang (atual Got Talent), com apenas 12 anos. 

Em 2013, estreou-se como um verdadeiro artista, fazendo parte da banda pop FO&O que começou o seu percurso timidamente a cantar nas ruas de Estocolmo e a publicar alguns vídeos no YouTube. O grupo começou a crescer de forma exponencial, a nível nacional e internacional, após abrir concertos esgotados dos maiores artistas dessa altura – Justin Bieber e One Direction.

Graças ao seu contrato com a Sony Music Entertainment EUA contam com uma vasta discografia, discografia essa que lhes valeu cinco prémios no ano de 2014, um single de platina e de ouro e os primeiros lugares dos tops Suecos.

A banda competiu no Melodifestivalen 2017, concurso que tem como objetivo escolher que artista representa a Suécia na Eurovisão, chegando à final. Nesse mesmo ano, a banda anunciou o seu hiato para que os membros se focassem nas suas carreiras a solo. 

A carreira a solo de Omar começou logo no ano seguinte, 2018, com o lançamento dos singles Que Pasa e La Mesa. Em 2019, tornou a participar no Melodifestivalen, com Om Om och om igen, mas não conseguiu qualificar-se para a final. Contudo, foi esse o single que deu a Omar o seu primeiro top a solo.

No meio de outros lançamentos, Dum, uma música cheia de sentimento, fora do estilo animado e perfeito para dançar a que o público estava habituado, alcançou o estatuto de single de ouro. 

Fonte: Youtube

Por muito que gostemos de acompanhar o percurso musical de Omar, chegou a altura de entrar com ele na sua nova aventura: a representação. Se conhecias esta cara ou nome, e não era do mundo da música, provavelmente era do seu papel num dos sucessos de 2021 da Netflix! 

A série sueca Young Royals foi lançada em julho do ano passado e foi rapidamente renovada para a sua segunda temporada (que irá estrear este ano), dado o furor que fez entre os jovens, principalmente entre a comunidade LGBTQI+. Sem querer dar spoiler, o plot desenvolve-se em torno do príncipe Wilhelm, que vai estudar para um colégio interno contra a sua vontade. Mas se achas que este é só mais um drama juvenil da Netflix enganas-te. Toda a narrativa está incrivelmente escrita e não cede aos habituais clichês!

Ao longo dos seis episódios da primeira temporada deparamo-nos com o choque da vida da família real, cheia de restrições à sua liberdade e individualidade versus um estilo de vida mais relaxado e dito “normal” – o desejo do príncipe.

É uma série bastante emotiva e deixa o espectador com um aperto no coração, por isso prepara os lenços de papel. Simon é um dos protagonistas desta montanha-russa de emoções. É este o papel interpretado por Omar Rudberg, naquele que é o seu primeiro trabalho como ator, e que belo começo foi – sem dúvida que lhe atribuímos nota máxima! Em entrevistas, o artista multifacetado já confirmou que pretende continuar neste mundo, para além de todos os outros projetos em que está envolvido. 

Trailer Young Royals. Fonte: Netflix no Youtube

Para acompanhar o lançamento da série, o jovem lançou na plataforma Spotify uma compilação de três covers, sendo que dois deles fazem parte da banda sonora de Young Royals e são interpretados pelo coro do colégio, no qual Simon (personagem de Omar) faz parte. São estes: It Takes a Fool to Remain Sane e Remember. Ouve já aqui:

Ou na performance ao vivo durante as ações de promoção da série:

Fonte: Youtube

Omar ainda não te convenceu? Aproveitamos então para te deixar aqui alguns exemplos de fotografias que resultaram do photoshoot com a revista XMAG e vais ver como também poderia seguir uma carreira de modelo!

Omar para a XMAG, Fonte: Twitter

Se fazes parte do grupo de pessoas que adora dançar, então o novo single Mi Casa Su Casa é para ti. O artista mantém-se, orgulhosamente, fiel às suas raízes latinas. Podemos, portanto, sempre contar com um pouco desse toque na sua sonoridade, que acaba por ir ao encontro do pop urbano e, ligeiramente, do reggaeton. Contudo, o tema é cantado em inglês.

A canção que o intérprete descreveu no twitter como “catchy, clubby and sexy”, foi bastante aguardada, visto que o seu lançamento estava previsto para 2021, mas Omar preferiu adiá-lo e melhorar alguns pormenores. Porém, a espera valeu totalmente a pena! À meia-noite de dia 7, os fãs estavam mais do que prontos para fazer streaming parties e aumentar o sucesso da obra, através da promoção nas redes sociais. Inclusive já há uma trend a correr no Tiktok. Em apenas algumas horas, as streams já ultrapassavam as 100 mil visualizações, o que é ótimo para um artista com a dimensão de Omar!


Conhecido também pelo seu amor pela dança, o artista lançou, umas horas depois, o videoclipe do single e presenteou-nos com uma coreografia contagiante, que acompanha na perfeição o ritmo da música, com os seus melhores ângulos! A escolha das cores e a forma como vão alternando acabam também por dar ainda mais dinâmica ao vídeo. Confirma com os teus próprios olhos:

Fonte: Youtube

Para ajudar na promoção, Omar marcou presença num programa televisivo Sueco, onde apresentou pela primeira vez o tema ao vivo. Além disso, deu ainda uma entrevista, na qual afirmou que considera que este single marca o crescimento dele enquanto artista, quer musicalmente, quer na área da dança, e revelou que tenciona lançar um álbum este ano!

Falou ainda sobre o facto de ser novamente um concorrente do Melodifestivalen e, por isso, um candidato a representar o seu país na Eurovisão. Descreveu a música com que se vai apresentar como “alegre, com vibes de verão e boa para dançar”. Ainda não conhecemos nada sobre o tema à excepção do seu título, Moving Like That, mas mal podemos esperar por ouvir. Mantém-te atento!

Fonte da capa: Nerd Site

Artigo revisto por Madalena Ribeiro

AUTORIA

LINKEDIN | + artigos

A Joana sempre teve um olho na música. Desde aulas no conservatório a aprender instrumentos, como baixo, ao YouTube. Não é capaz de estar uma hora sem abrir o Spotify e carregar no play de qualquer playlist de Nu Metal. Bastante ambiciosa, aspira exercer como promotora musical, estando a licenciar-se em Publicidade e Marketing na ESCS.