PS de “luto” com a morte de um dos seus fundadores

Bernardino Gomes, fundador do PS e chefe de gabinete do ex-primeiro-ministro, morreu hoje de madrugada aos 72 anos.

Na madrugada do dia 30 de Outubro de 2016, o Partido Socialista ficou de luto com a morte de Bernardino Gomes, um dos fundadores do PS e chefe de gabinete do ex-primeiro-ministro português.

O corpo de Bernardino Gomes, segundo o jornal digital Observador, estará em câmara ardente na Igreja de Santo António do Estoril, a partir das 19h00 do dia de hoje. Sendo que o funeral está marcado para as 12h30 no cemitério de Cascais, precedido por uma missa na mesma igreja.

 

Percurso de Vida de Bernardino Soares

Bernardino Gomes licenciou-se em Ciências Políticas pela Universidade de Lovaina, Bélgica, e foi o diretor do Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Para além disso é um investigador na área das relações internacionais, tendo, com Tiago Moreira de Sá, escrito o livro “Carlucci vs. Kissinger — Os EUA e a Revolução Portuguesa”, sobre o papel dos Estados Unidos na revolução.

Com Mário Soares foi um dos fundadores do PS, em Munstereiffel (República Federal Alemã), a 19 de Abril de 1973. Uma das suas últimas posições políticas públicas foi, juntamente com mais 24 fundadores do PS, a declaração de apoio à candidatura de António Costa à liderança do partido, em 2014.

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *