Moda e Lifestyle

Quem são as personalidades mais ricas do mundo, em 2020?

2020 chegou ao fim. No dia 31 de dezembro, costumamos fazer resoluções para que o futuro, que começa no dia seguinte, seja melhor e diferente. Podemos dizer que 2020 foi, de facto, diferente, para pior, mas diferente. 

O mundo viu-se confinado. Vimo-nos com metade da cara tapada com as máscaras que passaram a ser uma peça indispensável no nosso dia-a-dia. Restaurantes, cafés, salas de espetáculos, estabelecimentos de ensino: tudo fechou. O confinamento e as medidas de restrição a que a COVID-19 nos obrigou levaram a que negócios fechassem e atirassem os seus funcionários para o desemprego. Contudo, houve quem continuasse a enriquecer. 

A agência Bloomberg já publicou o ranking das 500 personalidades mais ricas do mundo, no ano de 2020 – podes consultar aqui: https://www.bloomberg.com/billionaires/ . Hoje apresentamos-te as 5 personalidades mais ricas do mundo.

1. Jeff Bezos

Fortuna: 186 mil milhões de dólares (cerca de 152,6 mil milhões de euros)

Jeff Bezos, aos 56 anos e no ano de 2020, é o homem mais rico do mundo. Segundo a agência Bloomberg, tem uma fortuna avaliada em 186 mil milhões de dólares, o que corresponde a cerca de 152,6 mil milhões de euros. Jeff é o fundador do maior site de vendas online – a Amazon. Para além de fundador da Amazon¸ Bezos controla também a cadeia de supermercados norte-americana Whole Foods. 

2. Elon Musk

Fortuna: 160 mil milhões de dólares (cerca de 131,3 mil milhões de euros)

Fonte: Presse – Getty Images, retirada do The New York Times, em: https://www.nytimes.com/2019/11/01/business/elon-musk-twitter.html

Elon Musk é, no ano de 2020, segundo a agência Bloomberg, o segundo homem mais rico do mundo. Tem uma fortuna avaliada em 160 mil milhões de dólares, o que equivale a mais de 131 mil milhões de euros. Aos 49 anos, Elon tem um currículo  invejável. É CEO da maior marca de carros elétricos do mundo: a TESLA. Esta marca está sediada em Palo Alto, na Califórnia, nos Estados Unidos da América. Esta empresa foi criada em 2003 por um grupo de engenheiros que queria provar que podia ser eficiente e divertido conduzir um carro elétrico. Os carros da marca TESLA são caracterizados pelo seu design sofisticado, não deixando ninguém indiferente. Para além da TESLA, Musk tem no seu currículo, enquanto CEO, a SpaceX, empresa que desenha as naves que são usadas nas missões da NASA. 

3. Bill Gates

Fortuna: 132 mil milhões de dólares (cerca de 107,5 mil milhões de euros)

Bill Gates é um dos cofundadores da gigantesca empresa que cria softwares: a Microsoft. Esta empresa, para além do software Windows, também é responsável pela consola de jogo XBOX. Gates foi, durante alguns anos consecutivos, considerado o homem mais rico do mundo. Atualmente, é a terceira personalidade mais rica. Aos 65 anos, Bill Gates tem uma fortuna avaliada em 132 mil milhões de dólares, o que corresponde a mais de 107 mil milhões de euros. A sua fortuna – onde está incluída a sua participação na Microsoft – é gerida pela Cascade Investment, uma empresa de capital fechado que pertence ao empresário norte-americano. 

4. Bernard Arnault

Fortuna: 111 mil milhões de dólares (cerca de 90.,55 mil milhões de euros)

Fonte: Magali Delporte, retirada do Business of Fashion, em: https://www.businessoffashion.com/articles/finance/the-world-now-has-three-people-worth-more-than-100-billion-each

Bernard Arnault, aos 71 anos, é a pessoa mais rica da França e a quarta pessoa mais rica do mundo, no ano de 2020. A sua fortuna está avaliada em 111 mil milhões de dólares, o equivalente a 90,5 mil milhões de euros. Se pensarmos numa palavra para descrever os negócios nos quais está envolvido, a palavra “luxo” serve perfeitamente. Bernard é o presidente e dono de cerca de metade da LVMH. Esta empresa é dona da marca Louis Vuitton, da conhecida marca de relógios TAG Heuer e ainda da marca de champanhe Dom Perignon. A LVMH teve, em 2019 e segundo a agência Bloomberg, uma receita de 53,7 mil milhões de euros.

5. Mark Zuckerberg

Fortuna: 105 mil milhões de dólares (cerca de 85,6 mil milhões de euros)

Com apenas 36 anos, é o mais novo do top 5 dos mais ricos do mundo. Mark Zuckerberg tem uma fortuna avaliada em 105 mil milhões de dólares, o correspondente a mais de 85,6 mil milhões de euros. Este jovem é cofundador e chefe-executivo da empresa Facebook, que detém várias redes sociais, tais como: a rede homónima Facebook, a rede social Instagram e os espaços de trocas de mensagens de forma onlineMessenger e WhatsApp

Estas são as cinco personalidades mais ricas do mundo, no ano de 2020, segundo a agência Bloomberg. No top 10 está presente Warren Buffett, que ocupa o sexto lugar da lista com uma fortuna de 86,9 mil milhões de dólares (mais de 70,7 mil milhões de euros). Buffett é o maior acionista da Berkshire Hathaway, proprietária das Geico, Clayton Homes e Dairy Queen. Para além destas empresas, tem ainda participações na Coca-Cola e na American Express. 

Na sétima posição do top 10 está Larry Page, cofundador da Alphabet, empresa dona da Google. Page tem uma fortuna avaliada em 82,6 mil milhões de dólares (mais de 67,2 mil milhões de euros). 

Em oitavo lugar surge Steve Ballmer. O norte-americano tem uma fortuna avaliada em 81 mil milhões de dólares (mais de 65,9 mil milhões de euros). Ballmer foi CEO da Microsoft, deixou o cargo em 2014, mas continua como acionista da empresa que fabrica o sistema operativo Windows. Para além disso, Ballmer é ainda dono da equipa de basquetebol L.A. Clippers. 

Na nona posição está um dos cofundadores da Alphabet, constituída por empresas relacionadas com o Google. Sergey Brin é a nona personalidade mais rica do mundo, no ano de 2020. Tem uma fortuna avaliada em 80 mil milhões de dólares (mais de 65,1 mil milhões de euros). 

No fim do top 10 das personalidades mais ricas do mundo está o norte-americano Lary Ellison, um dos fundadores da empresa Oracle, uma empresa de banco de dados. A fortuna de Ellison está avaliada em 78,8 mil milhões de dólares (mais de 64,1 mil milhões de euros). 

Neste top 10 apenas existe uma personalidade que não pertence aos Estados Unidos da América – o francês Bernard Arnault, dono da Louis Vuitton, que se encontra em quarto lugar no ranking. Nos 500 lugares do ranking da agência Bloomberg não se encontra nenhum português. 

Artigo corrigido por Andreia Custódio

Fonte da foto de capa: Época Negócios – Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *