Resumo da 7ª Jornada da Liga Portuguesa Três grandes vencem, mas Famalicão não desarma

Numa jornada atípica em que houve cinco resultados de 1-0, o Famalicão continua como líder da prova.

Boavista e Tondela inauguraram a jornada sete do campeonato, não passando de um nulo.

No sábado, o Moreirense desperdiçou uma vantagem de um golo em casa do Marítimo num espaço de dois minutos, vendo Rodrigo Pinho a bisar e a dar uma importante vitória à equipa da casa. Destaque ainda para o Famalicão, que segurou a liderança na liga (e que belo campeonato que tem feito!), ao derrotar o Belenenses SAD por 3-1, com Lameiras novamente em destaque.

Ainda no sábado, o Benfica recebeu e venceu por 1-0 o Vitória de Setúbal. Os encarnados suaram para vencer, voltando a rubricar uma exibição aquém do exigível, chegando mesmo a apresentar algumas dificuldades perante um Vitória de Setúbal com a sua já habitual organização defensiva. Carlos Vinicius garantiu os 3 pontos para a equipa da casa, apontando um bonito gesto técnico no golo, demonstrando que pode ter mais minutos. Destaque ainda para Rúben Dias, Gabriel (boa entrada em jogo, garantindo mais criatividade à equipa vermelha e branca), contrastando com elementos como Taarabt (uns furos abaixo), Pizzi e Seferovic. Do lado dos sadinos, Makaridze estava a realizar uma exibição competente, mas falhou no golo sofrido. O ataque pouco se viu.

Festejos do único golo da partida. Fonte: TVI24

No domingo, os quatro jogos resultaram em quatro vitórias – todas com o mesmo resultado. O Braga foi a Portimão vencer por 0-1, conquistando a sua segunda vitória neste campeonato – não triunfava desde a 1.ª jornada. O Vitória de Guimarães e o Santa Clara receberam e venceram, respectivamente, o Paços de Ferreira e o Santa Clara.

No jogo grande do dia, o Porto deslocou-se a Vila do Conde, valendo o golo de Marega. Uma entrada forte dos dragões permitiu um jogo tranquilo, porém o Rio Ave, embora com mais posse de bola na 2.ª parte, raramente incomodou a equipa azul e branca. Destaques para Uribe, Alex Telles, contrastando com elementos como Danilo e Manafá. Do lado do Rio Ave, os centrais sentiram dificuldades, tal como Tarantini e Diego Lopes, que passaram ao lado do jogo.

Golo de Marega dita vitória portista. Fonte: ABOLA

A jornada encerrou na segunda-feira, com o Sporting a deslocar-se à Vila das Aves e a triunfar por 0-1, após golo de Bruno Fernandes de grande penalidade. A equipa da casa somou a sua 5.ª derrota seguida, ao contrário da equipa verde e branca, que sai vitoriosa do primeiro jogo de Silas enquanto treinador. Bolasie voltou a ser um dos destaques do jogo, ao contrário de Jesé, que continua sem se entrosar na equipa.

Festejos da equipa do Sporting. Fonte: Record

A jornada 8 só começa a ser jogada a partir do dia 25, com uma distância de quase 1 (!) mês para a jornada 7. O Benfica desloca-se a Tondela, o Sporting recebe o Vitória de Guimarães e o Porto recebe a sensação Famalicão.

Jornada 8. Fonte: zerozero
Classificação após 7 jornadas. Fonte: zerozero

Artigo revisto por Lurdes Pereira

Artigos recentes

Crítica a The Politician

A descrição “comédia dramática” nunca havia sido tão bem aplicada antes. The Politician, uma das mais recentes apostas da Netflix, traz fortes emoções, para além

Ler mais »

te·sou·ro

(latim thesaurus, -i) substantivo masculino 1. Grande quantidade de ouro, prata, coisas preciosas, posta em reserva. 2. Lugar onde se guardam esses objetos (tipicamente escondido)

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *