Resumo da 7ª Jornada da Liga Portuguesa Três grandes vencem, mas Famalicão não desarma

Numa jornada atípica em que houve cinco resultados de 1-0, o Famalicão continua como líder da prova.

Boavista e Tondela inauguraram a jornada sete do campeonato, não passando de um nulo.

No sábado, o Moreirense desperdiçou uma vantagem de um golo em casa do Marítimo num espaço de dois minutos, vendo Rodrigo Pinho a bisar e a dar uma importante vitória à equipa da casa. Destaque ainda para o Famalicão, que segurou a liderança na liga (e que belo campeonato que tem feito!), ao derrotar o Belenenses SAD por 3-1, com Lameiras novamente em destaque.

Ainda no sábado, o Benfica recebeu e venceu por 1-0 o Vitória de Setúbal. Os encarnados suaram para vencer, voltando a rubricar uma exibição aquém do exigível, chegando mesmo a apresentar algumas dificuldades perante um Vitória de Setúbal com a sua já habitual organização defensiva. Carlos Vinicius garantiu os 3 pontos para a equipa da casa, apontando um bonito gesto técnico no golo, demonstrando que pode ter mais minutos. Destaque ainda para Rúben Dias, Gabriel (boa entrada em jogo, garantindo mais criatividade à equipa vermelha e branca), contrastando com elementos como Taarabt (uns furos abaixo), Pizzi e Seferovic. Do lado dos sadinos, Makaridze estava a realizar uma exibição competente, mas falhou no golo sofrido. O ataque pouco se viu.

Festejos do único golo da partida. Fonte: TVI24

No domingo, os quatro jogos resultaram em quatro vitórias – todas com o mesmo resultado. O Braga foi a Portimão vencer por 0-1, conquistando a sua segunda vitória neste campeonato – não triunfava desde a 1.ª jornada. O Vitória de Guimarães e o Santa Clara receberam e venceram, respectivamente, o Paços de Ferreira e o Santa Clara.

No jogo grande do dia, o Porto deslocou-se a Vila do Conde, valendo o golo de Marega. Uma entrada forte dos dragões permitiu um jogo tranquilo, porém o Rio Ave, embora com mais posse de bola na 2.ª parte, raramente incomodou a equipa azul e branca. Destaques para Uribe, Alex Telles, contrastando com elementos como Danilo e Manafá. Do lado do Rio Ave, os centrais sentiram dificuldades, tal como Tarantini e Diego Lopes, que passaram ao lado do jogo.

Golo de Marega dita vitória portista. Fonte: ABOLA

A jornada encerrou na segunda-feira, com o Sporting a deslocar-se à Vila das Aves e a triunfar por 0-1, após golo de Bruno Fernandes de grande penalidade. A equipa da casa somou a sua 5.ª derrota seguida, ao contrário da equipa verde e branca, que sai vitoriosa do primeiro jogo de Silas enquanto treinador. Bolasie voltou a ser um dos destaques do jogo, ao contrário de Jesé, que continua sem se entrosar na equipa.

Festejos da equipa do Sporting. Fonte: Record

A jornada 8 só começa a ser jogada a partir do dia 25, com uma distância de quase 1 (!) mês para a jornada 7. O Benfica desloca-se a Tondela, o Sporting recebe o Vitória de Guimarães e o Porto recebe a sensação Famalicão.

Jornada 8. Fonte: zerozero
Classificação após 7 jornadas. Fonte: zerozero

Artigo revisto por Lurdes Pereira

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *