Música,  Secções

Rihanna, o que é que andas a fazer da vida?

24 de janeiro de 2015. Se a era mais confusa da Rihanna tivesse um nome, seria ANTI – o nome do seu oitavo álbum (à espera de ver a luz do dia) – e, se tivesse uma data de começo, seria a enunciada no início do artigo, que coincide com o lançamento de FourFiveSeconds, o primeiro single do novo trabalho da cantora, que conta com a ajuda de Kanye West e Paul McCartney.

Até agora sem data de lançamento, porém, com uma capa, ANTI tem sido desenvolvido desde 2013, um ano depois de ter sido lançado Unapologetic, o seu último álbum. Aliás, para quem desde 2005 lançara um álbum todos os anos civis, esta espera de três anos tem um sabor amargo (quase azedo) para a Navy (forma como a cantora trata os fãs). Neste quase-hiato do lado musical da sua carreira, Rihanna tem feitos trabalhos relacionados com moda e cinema.

Captura de ecrã 2016-01-27, às 10.03.15

Mais duas músicas do ANTI, para além de FourFiveSeconds, foram oficialmente lançadas: Bitch Better Have My Money e American Oxygen. Também sabemos que Sia, Calvin Harris, Kanye West e o namorado, Travis $cott – a quem até foi atribuída a culpa do adiamento do lançamento do álbum –, foram recrutados para ajudarem no processo criativo. Recentemente, foi confirmado um dueto com Drake, chamado de Work. E ainda o que deu mais esperança aos fãs: os ANTI-Diary, fruto de uma parceria com a Samsung.

Sendo trabalhados como teasers, os ANTI-Diary seriam uma espécie de contagem final para o lançamento do álbum, deixando toda a gente ansiosa para uma surpresa da cantora ainda em 2015. O certo é que passaram dois meses desde o lançamento do primeiro e foram lançados sete dos oito previstos. E do álbum? Ainda nada. Só especulações (um dos ANTI-Diary deixou os fãs a pensarem numa futura colaboração com Lady Gaga, até).

https://www.youtube.com/watch?v=tDxi8XGZzQk

É importante relembrar que já foi marcada uma tour a começar dia 26 de fevereiro para divulgar o álbum, de seu nome ANTI World Tour, sem data prevista para Portugal. Por isso, o trabalho deve ser – e é certo que seja – lançado até lá (é arriscado anunciar uma tour para promover um álbum e a um mês desta começar o álbum ainda não ter sido lançado). E então começam as especulações outra vez.

Estará Rihanna a preparar algo tão grande que valha a espera? Ou será tanto tempo para sair uma desilusão do forno? O certo é que passou mais uma sexta-feira (dia mundial para o lançamento de novos trabalhos) – e nada de ANTI. Até lá, aproveitemos o que até agora este álbum nos deu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *