Fonte: Stargate Wiki – Fandom

Descobre um “demónio” que se personifica num corpo humano e assim se torna mais amigável. Nesse novo mundo, recruta a raça humana como sua escrava, sem que esta tenha consciência disso.

Antes das séries que lhe seguiram, como Stargate SG-1 (1997 a 2007), Stargate Atlantis (2004 a 2009) e a mais recente Stargate Universe (2009 a 2011), de que todos ainda se lembrarão, “STARGATE” o filme já estará na memória de poucos, atendendo à data da sua realização, que já remonta a 1994.

Do realizador Roland Emmerich, conta com a participação de atores como Kurt Russell, James Spader e Viveca Lindfors, em cenários que vão de França aos Estados Unidos.

Inspirado nos livros de Bill McCay, remete-nos aos anos 20, à descoberta de uma tumba gigantesca, no Egito. Dentro dela, um grande anel metálico e um amuleto com hieróglifos e o símbolo do Deus Rá. “Stargate”  permite a viagem interestelar instantânea e a possibilidade de explorar outros mundos, defender o planeta contra ameaças alienígenas e cujo código de acesso foi descoberto por um egiptólogo não-reconhecido.

Mistura a ficção-científica com a ação e a aventura e é bastante aclamado pelos efeitos especiais, nomeadamente na altura.

Um dos aspetos que mais podem cativar o espetador é a interação fácil entre pessoas culturalmente diferentes, separadas por anos de história, e que nem sequer falam a mesma língua.

Ganhou um sem número de prémios em 1995, nomeadamente o melhor filme de ficção científica. A banda sonora esteve a cargo de David Arnold e interpretada pela Sinfónica de Londres.

Os espetadores votaram, atribuindo-lhe 7,1 pontos num total de 10, segundo o site do IMDb.

                       Revisto por: Beatriz Pardal

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *