• Literatura,  Secções

    Camões, o tempo não passa por ti

    Fotos de Márcia Lessa Durante o período em que Portugal esteve sob o domínio espanhol, Camões relembrava o sentimento nacional. Os republicanos carregaram de preto a estátua erguida ao poeta em Lisboa para evidenciar o luto do país perante a resposta da monarquia portuguesa ao ultimato Inglês. Na ditadura, a sua figura era usada para exacerbar o nacionalismo. Em democracia, recorda o passado histórico de um país. Independentemente das interpretações ideológicas de que tem sido alvo, Camões sempre foi, é e tudo indica que continuará a ser um símbolo nacional, emblema da glória portuguesa, e por isso uma figura incontornável da história da literatura. O autor d` ’Os Lusíadas’ foi…

  • Literatura

    Eu e… Luís de Camões

    Não me lembro de não conhecer – de nome, claro – Luís Vaz de Camões. Isto é algo que qualquer português pode dizer, provavelmente; mas para mim o nome “Camões” sempre teve algo de especial. O meu avô, a pessoa que me passou a paixão pela escrita, amante da poesia e da Língua Portuguesa, sempre teve uma admiração enorme por este poeta do século XVI. Assim, desde pequenina ouvia os seus sonetos. Ainda me lembro a emoção que senti da primeira vez que estive ao lado da sua sepultura, no Mosteiro dos Jerónimos. Como passamos bastante tempo do nosso ensino básico e secundário a falar de Camões, já todos conhecemos…