• Atualidade

    Isabel dos Santos é afastada da Sonangol

    Na passada quinta-feira, dia 16, o Presidente da República de Angola, João Lourenço, demitiu Isabel dos Santos da Sonangol. Para o lugar da filha do anterior chefe de Estado angolano, foi nomeado Carlos Saturnino para o cargo de presidente do conselho de administração da empresa estatal petrolífera. Em junho de 2016, Isabel dos Santos, nomeada pelo pai, José Eduardo dos Santos, passou a fazer parte da estrutura administrativa da Sonangol, na qual assegurava a reestruturação da empresa responsável pela gestão e exploração do petróleo e gás natural em Angola. Em agosto deste ano, um grupo de 12 advogados levou ao Tribunal Constitucional angolano um recurso que contestava a nomeação da…

  • Atualidade,  Informação

    Isabel dos Santos e os espanhóis do CaixaBank fecharam acordo sobre o BPI

    Depois de longas negociações, o banco espanhol vai mesmo ficar com os 18,6% de Isabel dos Santos. O acordo ainda não é totalmente conhecido mas está para breve. O prazo dado pelo Banco Central Europeu (BCE) terminava no domingo mas o acordo entre os catalães do Caixabank e Isabel dos Santos foi alcançado já este sábado. Assim fica cumprida a exigência do BCE, que pedia ao banco português para reduzir a exposição ao mercado angolano, que passava pela saída da empresária Isabel dos Santos do BPI. Em contrapartida, a filha do Presidente de Angola ficará com a posição que o banco liderado por Fernando Ulrich tem no Banco de Fomento…

  • Atualidade,  Informação

    Forbes chega a Portugal através de Isabel dos Santos

    Todos nós já ouvimos falar da famosa revista norte-americana de negócios e economia, “Forbes”, que todos os anos elabora um ranking com as personalidades mais ricas e poderosas do mundo. Este ano a lista contou com três portugueses – Américo Amorim, Belmiro de Azevedo e Alexandre Soares dos Santos. A partir desta sexta-feira, a publicação estará mais próxima de todos nós: a primeira edição da versão lusófona chega às bancas, com um custo de cinco euros. O anúncio remonta a dezembro de 2013, altura em que a própria Forbes anunciava uma nova edição distribuída em Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e na Guiné-Bissau. Em junho deste…