• Opinião,  Secções

    O fetiche pelo úbere bovino

    O ser humano começou a consumir o leite de outros animais há cerca de nove mil anos, quando iniciou a prática de domesticação da vaca e da cabra e delas quis aproveitar o máximo de recursos possível, incluindo aquele bem necessário à sobrevivência adulta: o líquido que, segundo a ordem natural da vida animal, serve para nutrir crias até que elas sejam capazes de digerir outros alimentos. Mas o ser humano adulto não consome o leite proveniente de seres da sua própria espécie: ele precisa mesmo é daquele que as vacas e as cabras dão ao mundo e precisa até mais do que os filhos delas, por isso não só…

  • Opinião,  Secções

    Custa demasiado não matar

    Segundo um estudo de 2009 publicado pela Worldwatch (um instituto estadunidense de pesquisa maioritariamente focada em temas de sustentabilidade ambiental) e desenvolvido por Robert Goodland e Jeff Anhang (dois conselheiros do Banco Mundial em Washington DC): 51% das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) provêm da agropecuária, contradizendo o valor divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que comunicou em 2006 que do total emitido apenas 18% provinham da indústria do gado. Para contextualizar, é unânime que 13% das emissões de GEE através de ações humanas são causadas pela totalidade do dióxido de carbono (CO2) proveniente do setor de transportes. É igualmente…