Informação

1 em cada 3 portugueses não pode ler este artigo

O número é impressionante: em cada três portugueses há um que não tem acesso à internet. Esta conclusão faz parte do estudo “Públicos e Consumos de Media” promovido pela Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) e divulgado esta terça-feira.

A televisão continua a ser o meio de comunicação a que os portugueses mais se ligam quando querem saber de notícias. Cerca de 65% dos portugueses afirma usar a televisão como fonte principal para se actualizarem sobre os principais acontecimentos. Em segundo lugar seguem os jornais escritos, e em terceiro surge pela primeira vez um meio digital, as redes sociais. Os portugueses seguem cada vez mais a informação através dos links partilhados no Facebook, sendo esta rede social a favorita para comentar os assuntos que estão na ordem do dia. Seguem-se os sites dos principais jornais, televisões e rádios, e por último a rádio, mais utilizada pelos públicos como forma de entretenimento e menos como forma de informação, apesar de ser o meio mais popular em Portugal.

Um terço dos portugueses passa mais de uma hora por dia a consultar informação, nas diversas plataformas disponíveis. E fá-lo várias vezes num só dia, não se restringindo a um só espaço horário ou meio de informação.

Este estudo contou com o apoio científico de uma equipa de investigadores do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES – IUL), coordenado pelo professor Gustavo Cardoso, com a Eurosondagem responsável pela realização do inquérito nacional, com entrevistas presenciais a uma amostra de 1.035 pessoas representativa da população residente em Portugal com 15 ou mais anos. As entrevistas foram realizadas entre 20 de setembro e 12 de outubro do ano passado.

Avatar

Vem da terra que tem "vinhos" no nome, mas nunca ganhou o concurso da Miss Vindimas. Nem queria, não fiquem com ideias! Não passa mais tempo na ESCS porque os transportes não lhe permitem, mas, para não ter muitas saudades, faz questão de levar trabalho de casa! Acredita que já suou mais no primeiro ano por causa dos núcleos do que aquilo que espera vir a suar nestes 3 anos por causa do curso de jornalismo. Tem uma paixão pela rádio e pela ESCS, felizmente não têm ciúmes uma da outra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *