Capital

A Febre dos Restaurantes Virtuais

A pandemia trouxe novos desafios a quase todos os negócios, mas principalmente ao setor da restauração. Apesar de a situação estar longe daquilo que se desejava, este momento deu força aos restaurantes virtuais – sem portas que se abram ou fechem ao público – e há quem aposte grandemente neste novo modelo de negócio, tendo ganhado mais adeptos que se rendem às facilidades oferecidas pelos serviços de entrega ao domicílio, como a Uber Eats: a casa deste novo tipo de restaurantes.

Hoje convido-vos a conhecer a proposta de cinco destes restaurantes.

#1 Do Kiko – Fresh & Healthy Food

Fonte: FundsPeople

No início da pandemia, o chefe viu-se obrigado a fechar o seu recém-aberto restaurante Boteco. Por isso, tomou a decisão de abrir um restaurante virtual, ao qual deu o nome Fresh & Healthy Food e que está disponível na plataforma de delivery Uber Eats. O menu reúne diversos pratos do chefe, presentes nos seus outros projetos e já conhecidos pelos seus clientes, como O Poke ou O Talho. Podemos escolher uma variedade de pratos, como os pokes de camarão e abacate, de salmão e manga, tártaro de novilho ou ciático de novilho. As encomendas podem ser efetuadas todos os dias entre as 01h30 e as 22h30.

#2 deCastro

Fonte: TimeOut Lisboa

Este restaurante foi unicamente desenvolvido para a aplicação Uber Eats. A cozinha vai estar no colégio Bafureira, sendo esta a primeira parceria da Uber Eats cujas refeições não serão concebidas num espaço de restauração. Esta localização permite ao deCastro chegar aos seus clientes da Parede num raio de 4km. Os pratos são tradicionais e desenvolvidos para serem desfrutados por toda a família. Podemos escolher – para partilhar – entre pastelinhos de bacalhau, de massa tenra, entre outros. Como pratos principais, a aposta recai em pratos como salada de bacalhau fumado com tomate seco e grão, brás de pato com courgette e cogumelos ou a francesinha de carnes assadas com batata frita.

Os pratos serão entregues na casa dos utilizadores num packaging 100% biodegradável e sustentável. O restaurante opera de terça a domingo, com pedidos entre as 17h30 e as 22h30. Vem juntar-se a outros do tipo promovidos na aplicação, mas é o único a ser concebido em parceria com um colégio e fora dos espaços de restauração.

#3 Olivia Burguers

Fonte: Revista NiT

O Olivia Burgers surgiu durante o primeiro confinamento, com vários hambúrgueres muito diferentes e com rápida entrega. Tem disponíveis opções mais tradicionais, como o Classic ou Bacon, e novos sabores que podes descobrir, como o hambúrguer Spicy ou o Thai – com frango e molho aioli. Os preços são acessíveis, variando entre os 7,50€ e os 8,50€. As entregas são feitas a partir das plataformas Uber Eats e Glovo, de segunda a quinta-feira, entre as 12h00 e as 15h30 e entre as 19h00 e as 22h30. Aos sábados e domingos, o horário de entrega é ininterrupto.

#4 MexiCali

Fonte: Porto Seguro

As bowls do Crave apareceram em Lisboa numa altura em que o conceito de comida servida neste tipo de prato começava a tornar-se mais popular. Agora, já com essa marca bem lançada no mercado, o grupo atende aos pedidos dos clientes e adere às plataformas digitais, com um restaurante exclusivamente virtual, disponível no Uber Eats e especializado em bowls, desta vez mexicanos, e burritos – é o MexiCali. O menu é simples: têm cinco burritos e três bowls. Os clientes têm ainda a opção de criar o próprio bowl ou burrito personalizado, podendo escolher entre oito bases e mais de trinta ingredientes diferentes.

#5 Las Gringas

Fonte: Revista NiT

O Pistola y Corazón foi uma das maiores baixas na restauração lisboeta por culpa da Covid-19. A taqueria do Cais do Sodré fechou, mas os donos não ficaram de braços cruzados e abriram o virtual Las Gringas – restaurante que deve o nome à gringa, uma variedade de taco que usa uma quesadilla como base, isto é, uma tortilla recheada. O menu foi repensado de forma a que os ingredientes chegassem a casa dos clientes o mais frescos possíveis. Este restaurante foi inaugurado através de uma parceria com a plataforma Kitch, que garante uma cozinha para os restaurantes virtuais, bem como um espaço take-away. Para além do menu do restaurante, os clientes podem ainda encomendar kits DIY para montar os seus tacos e cocktails – com ou sem álcool – em casa. A encomenda pode ser feita através da página do restaurante na Internet ou da Uber Eats.

Espero que estas sugestões tornem os teus dias de confinamento um pouco mais coloridos, até porque, para além destes, existem muitos outros restaurantes com entregas que te permitem viajar sem saíres de casa, descobrindo novos sabores.

Artigo Revisto por Beatriz Campos
Fonte da capa: pexels.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *