• Capital

    Monsanto: a ponte entre a capital e a natureza

    Na beirada de Lisboa, quase entrando nas localidades ao redor da capital, encontra-se o maior parque urbano de Portugal. O Parque Florestal do Monsanto situa-se na Serra de Monsanto, na zona ocidental da cidade. Até ao final dos anos 30, esta zona era separada para a plantação de cereais, contudo, o então Ministro das Obras Públicas, Duarte Pacheco, decidiu replantar a área, de forma a criar um espaço de lazer e recreio para a população. Verifica-se que este plano foi concretizado com sucesso e expansão, pois hoje em dia, esta é já considerada uma floresta adulta onde se erguem centenas de espécies de árvores e mais de 60 espécies de…

  • 7ª Arte

    Dr Seuss: De clássicos literários para o cinema

    Na história da sétima arte, adaptações de obras literárias são extremamente comuns. Mesmo assim, ainda há um dilema neste meio acerca da validade de certas adaptações. Enquanto a comunicação entre as diferentes formas de arte é normal e a intertextualidade é até mesmo apreciada, no cinema ainda existe uma certa resistência a esta prática. Muitos colocam a questão de que filmes adaptados de livros seriam apenas caçadores de dinheiro, porque não se preocupam com a verdadeira essência das obras e querem apenas aproveitar-se do público. Contudo, se este é o problema a seu respeito, já vimos diversos exemplos de adaptações bem sucedidas e bem feitas, desde “Senhor dos Anéis” até…

  • Capital

    Mercado Oriental: um pedacinho da Ásia em Lisboa

    Em época de pandemia, planear qualquer tipo de viagem é praticamente impossível, principalmente para fora do continente europeu. O Mercado Oriental, localizado na praça do Martim Moniz, é uma ótima opção para aqueles que anseiam explorar a Ásia e a sua riquíssima cultura, mas não podem por enquanto. E que caminho melhor para experienciar uma cultura do que através da sua comida? Este espaço que surgiu há menos de três anos tem como proposta principal apresentar as várias vertentes e formas da cultura asiática. Quando entramos no Mercado, há duas possibilidades: subir ao primeiro piso, em direção aos restaurantes, ou descer à cave, onde está o supermercado Amanhecer. No piso…

  • 7ª Arte

    Emma, e ponto final

    Mais uma adaptação de Jane Austen, autora de “Orgulho e Preconceito”, “Razão e Sensibilidade” e “Emma.” – como o próprio ponto final no título indica – é um romance de época (period piece) que se propõe a mostrar e satirizar a vida na zona rural inglesa, durante o século XIX. Contudo, em pouco esta obra da diretora estreante Autumn de Wilde se assemelha às adaptações anteriores dos livros da escritora inglesa. A personagem principal, interpretada pela talentosa Anya Taylor Joy, – que tem sido muito aclamada pelo seu trabalho em “Gambito de Dama” – Emma Woodhouse, é descrita logo no início do filme como sendo rica, inteligente e bonita. A…

  • Capital

    Cafetarias Especiais

    É inegável a apreciação que o povo português tem pelo café. Estamos, afinal, no país com o maior número de cafeterias per capita da Europa. E as cafeterias de especialidade são um dos frutos desse amor. Nelas apenas são vendidos cafés que foram produzidos artesanalmente. Houve um zelo extremado para que o produto que chega na sua chávena seja o melhor possível. Desde a plantação até à preparação, passando pela colheita, pela seleção dos grãos, pela exportação e pela torra. Essas cafeterias que têm crescido e que se têm expandido em Lisboa nos últimos sete anos propõem a todos os ‘coffee lovers’ uma inédita experiência com a segunda bebida mais…

  • 7ª Arte

    Música no Coração: Revisitar um clássico

    Há pouco mais de 65 anos atrás, no dia 10 de Janeiro de 1966, estreava em Portugal um dos maiores clássicos do cinema mundial: Música no Coração. O filme que chegara ao público norte-americano em março do ano anterior encanta até hoje milhares de pessoas por todo o mundo, tendo inspirado desde grandes e renomadas produções teatrais e cinematográficas, desde o mais recente La La Land até à cultura pop ‘mainstream’, através de músicas como “7 rings”, da Ariana Grande. Numa tentativa de preservar o rigor, é importante salientar que a minha relação pessoal com o filme vem sendo estabelecida desde minha infância, o que certamente influencia a perceção que…

  • 7ª Arte

    Lamento de Uma América (e de um filme) em Ruínas

    A adaptação cinematográfica do best seller autobiográfico de J.D. Vance, que tem o mesmo nome que o filme – Hillbilly Elegy, no original –, era uma das mais esperadas produções da Netflix para este ano. A obra conta com grandes nomes como Ron Howard na direção (o responsável por filmes aclamados como Uma Mente Brilhante e Apollo 13), Amy Adams e Glenn Close dentre as personagens principais. O próprio autor do livro chegou a participar, juntamente com Vanessa Taylor – roteirista de A Forma da Água –, na parte escrita do projeto, que se propunha a contar a história difícil de três gerações da sua família e o caminho que…