• Desporto

    Futebol: da paixão ao negócio

    O futebol, desde sempre, foi um desporto com grande enquadramento das massas. Adeptos que carregam consigo muito mais do que as simples cores do clube, carregam as ideologias que transmitem para os jogadores dentro de campo, porém, por vezes, mais alto do que o cântico dos adeptos soa o barulho do dinheiro nesta indústria tão apaixonante como é o futebol. Será o futebol, hoje, um negócio? Terão os jogadores perdido o “amor à camisola”? Se sim, de quem é a culpa: dirigentes, jogadores ou adeptos?    O futebol é, nos dias correntes, um negócio. Assistimos a uma profissionalização do mundo futebolístico: contratos astronómicos negociados com jogadores, valores de transferências exorbitantes, marcas…