Atualidade,  Informação

Bebé Palestino morto durante confrontos entre Palestina e Israel

A guerra entre Israel e a Palestina, por razões políticas, geográficas e até religiosas, tem perdurado durante semanas, causando, assim, vítimas de ambos os lados e inúmeros conflitos que poderão levar ao envolvimento de potências mundiais, com o objetivo de desanuviar o sucedido.

A última vítima da guerra, entre Palestina e Israel, foi um bebé palestino de 8 meses, para desgosto dos seus familiares e surpresa de quem tem acompanhado de perto o desenrolar dos conflitos. Tudo aconteceu na manhã do dia de hoje, quando o exército israelita lançou gás lacrimogénio para perto da casa da família desta criança, situada na Cisjordânia ocupada por Israel.

O porta-voz do Ministério Palestiniano da Saúde afirmou que o bebé, cujo nome era Ramadan Thawabteh, faleceu asfixiado por gás lacrimogénio, libertado pelo exército Israelita, durante um confronto com jovens que estavam a atirar pedras e que , de seguida, se refugiaram na casa da família vitimada. É importante referir que os confrontos diários duram há cerca de um mês, na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, entre jovens palestinos e militares israelitas.

Sem focar apenas na morte do bebé palestino, houve mais vítimas e dezenas de manifestantes palestinos feridos pelas balas de borracha disparadas pelo exército. Até ao dia de hoje já existem centenas de feridos, dezenas de vítimas e uma guerra que não dá sinais de abrandamento.

Avatar

Pedro Almeida, de 21 anos, é um estudante universitário do curso de Publicidade e Marketing, cuja paixão reside no Marketing, na escrita e na responsabilidade social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *