Benfica vence, mas FC Porto não descola

Numa jornada em que os três grandes venceram, o grande destaque vai para o empate do Famalicão, que chegou a estar a ganhar por três bolas a zero, e para a vitória do Sporting de Braga em Guimarães.

A jornada 11 do campeonato português começou com a deslocação do Gil Vicente a casa do Aves. A turma de Vítor Oliveira venceu por 2-1, impondo a 10.ª derrota em 11 jogos à equipa da Vila das Aves, registo que não acontecia há mais de 25 anos.

No sábado, dia 9 de novembro, o Benfica, na difícil deslocação aos Açores, venceu por 2-1, tendo Carlos Jr. inaugurado o marcador a favor da equipa da casa. Numa exibição em nada brilhante por parte do Benfica, as águias, que se fartaram de falhar passes e chegaram ao intervalo sem um único remate à baliza, operaram a reviravolta no segundo tempo por Pizzi, que se distanciou na lista dos melhores marcadores do campeonato com 8 golos, e por Carlos Vinicius, que juntou mais um golo ao seu registo pessoal. Destaque ainda para Vlachodimos, que foi evitando que o Santa Clara se afastasse no marcador e que ia vendo Ukra empatar já perto do fim. Do lado do Santa Clara, a equipa defensivamente esteve bem, sabendo contrariar a ofensiva encarnada, mas, devido a uma falha defensiva e a várias oportunidades falhadas, foi castigada pela eficácia das águias.

Pizzi festeja o golo que acabaria por dar a vitória. Fonte: Sapo Desporto

No mesmo dia, o Rio Ave recebeu o Vitória de Setúbal e venceu por uma bola a zero, mas o destaque vai para Famalicão e Moreirense, que protagonizaram um jogo frenético. O Famalicão aos 65 minutos vencia por 3-0, mas viu a equipa do Moreirense reagir, empatando a cerca de 20 minutos de jogo, sendo que os visitantes poderiam mesmo ter dado a volta ao marcador.

No domingo dia 10 de novembro, o dia começou com um Marítimo-Portimonense, que terminou empatado a 1, tendo o Paços de Ferreira recebido e vencido o Tondela por 1-0.

Já o Sporting recebeu o Belenenses em Alvalade e ganhou por 2-0. Os leões, à semelhança do seu rival encarnado, não protagonizaram uma exibição exuberante, mas Vietto, aos 74 e aos 81 minutos, decidiu o encontro, evitando o empate frente à antiga equipa de Silas, que se limitou a controlar a ofensiva verde e branca, pouco incomodando a defensiva leonina.

Vietto, o herói leonino. Fonte: TVI24

No derby minhoto, o Braga venceu em Guimarães por 2-0, tendo tido o jogo controlado, sendo que o resultado aparenta ser curto face ao caudal ofensivo criado. Paulinho inaugurou o marcador aos 24 minutos e Galeno sentenciou o jogo aos 72 minutos, voltando a ser um dos principais destaques, agravando a crise do Guimarães, que só venceu um jogo nos últimos oito.

Já no derby da Invicta, o Porto deslocou-se ao Bessa e venceu por 1-0, mantendo a desvantagem de dois pontos em relação ao Benfica. Alex Telles marcou um golaço logo aos 9 minutos e, a partir daí, os azuis e brancos limitaram-se a gerir a partida, controlando o jogo, que nem sempre foi bem jogado devido à quantidade de jogo físico. Destaque ainda para Loum, que realizou uma boa partida, somando pontos, e para os centrais, que não permitiram veleidades à equipa da casa.

Festejos do golo azul e branco. Fonte: Sapo Desporto

Na próxima jornada, que só começa a dia 29 devido a paragem de seleções, os destaques vão para a deslocação do Sporting a Barcelos, onde o Porto já perdeu pontos, bem como ao duelo entre Braga e Rio Ave.

Jogos da jornada 12. Fonte: zerozero
Classificação ao final de 11 jornadas. Fonte: zerozero

Artigo revisto por Miguel Bravo Morais

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *