Benfica vence, mas FC Porto não descola

Numa jornada em que os três grandes venceram, o grande destaque vai para o empate do Famalicão, que chegou a estar a ganhar por três bolas a zero, e para a vitória do Sporting de Braga em Guimarães.

A jornada 11 do campeonato português começou com a deslocação do Gil Vicente a casa do Aves. A turma de Vítor Oliveira venceu por 2-1, impondo a 10.ª derrota em 11 jogos à equipa da Vila das Aves, registo que não acontecia há mais de 25 anos.

No sábado, dia 9 de novembro, o Benfica, na difícil deslocação aos Açores, venceu por 2-1, tendo Carlos Jr. inaugurado o marcador a favor da equipa da casa. Numa exibição em nada brilhante por parte do Benfica, as águias, que se fartaram de falhar passes e chegaram ao intervalo sem um único remate à baliza, operaram a reviravolta no segundo tempo por Pizzi, que se distanciou na lista dos melhores marcadores do campeonato com 8 golos, e por Carlos Vinicius, que juntou mais um golo ao seu registo pessoal. Destaque ainda para Vlachodimos, que foi evitando que o Santa Clara se afastasse no marcador e que ia vendo Ukra empatar já perto do fim. Do lado do Santa Clara, a equipa defensivamente esteve bem, sabendo contrariar a ofensiva encarnada, mas, devido a uma falha defensiva e a várias oportunidades falhadas, foi castigada pela eficácia das águias.

Pizzi festeja o golo que acabaria por dar a vitória. Fonte: Sapo Desporto

No mesmo dia, o Rio Ave recebeu o Vitória de Setúbal e venceu por uma bola a zero, mas o destaque vai para Famalicão e Moreirense, que protagonizaram um jogo frenético. O Famalicão aos 65 minutos vencia por 3-0, mas viu a equipa do Moreirense reagir, empatando a cerca de 20 minutos de jogo, sendo que os visitantes poderiam mesmo ter dado a volta ao marcador.

No domingo dia 10 de novembro, o dia começou com um Marítimo-Portimonense, que terminou empatado a 1, tendo o Paços de Ferreira recebido e vencido o Tondela por 1-0.

Já o Sporting recebeu o Belenenses em Alvalade e ganhou por 2-0. Os leões, à semelhança do seu rival encarnado, não protagonizaram uma exibição exuberante, mas Vietto, aos 74 e aos 81 minutos, decidiu o encontro, evitando o empate frente à antiga equipa de Silas, que se limitou a controlar a ofensiva verde e branca, pouco incomodando a defensiva leonina.

Vietto, o herói leonino. Fonte: TVI24

No derby minhoto, o Braga venceu em Guimarães por 2-0, tendo tido o jogo controlado, sendo que o resultado aparenta ser curto face ao caudal ofensivo criado. Paulinho inaugurou o marcador aos 24 minutos e Galeno sentenciou o jogo aos 72 minutos, voltando a ser um dos principais destaques, agravando a crise do Guimarães, que só venceu um jogo nos últimos oito.

Já no derby da Invicta, o Porto deslocou-se ao Bessa e venceu por 1-0, mantendo a desvantagem de dois pontos em relação ao Benfica. Alex Telles marcou um golaço logo aos 9 minutos e, a partir daí, os azuis e brancos limitaram-se a gerir a partida, controlando o jogo, que nem sempre foi bem jogado devido à quantidade de jogo físico. Destaque ainda para Loum, que realizou uma boa partida, somando pontos, e para os centrais, que não permitiram veleidades à equipa da casa.

Festejos do golo azul e branco. Fonte: Sapo Desporto

Na próxima jornada, que só começa a dia 29 devido a paragem de seleções, os destaques vão para a deslocação do Sporting a Barcelos, onde o Porto já perdeu pontos, bem como ao duelo entre Braga e Rio Ave.

Jogos da jornada 12. Fonte: zerozero
Classificação ao final de 11 jornadas. Fonte: zerozero

Artigo revisto por Miguel Bravo Morais

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *