Cem Anos de Solidão vai ser uma série na Netflix

O clássico de Gabriel García Márquez, Cem Anos de Solidão, vai ser transformado numa série pela Netflix. O canal de streaming comprou os direitos da obra que foi lançada pela primeira vez em 1967.

Resultado de imagem para cien años de soledad netflix

Fonte: Europa Press, retirado de:  https://www.europapress.es/cultura/cine-00128/noticia-netflix-convertira-serie-cien-anos-soledad-gabriel-garcia-marquez-20190306163229.html

Créditos: Netflix

Cem Anos de Solidão possui mais de 50 milhões de exemplares vendidos e já foi traduzido para 46 línguas diferentes. Trata-se da história de várias gerações de uma família marcada pelas características peculiares dos seus membros, que acabam por se ir repetindo ao longo dos anos – com particular destaque para a solidão e a estranha forma de amar.

A primeira geração da família Buendia – constituída pelo casal José Arcadio Buendia e Úrsula Iguáran – funda a aldeia mítica de Macondo, situada algures na América Latina. O casal tem três filhos: José Arcadio, forte e trabalhador; Aureliano, filósofo e introvertido; e Amaranta, a típica dona de casa. A estes três filhos junta-se Rebeca, uma órfã que é adotada pela família. É a partir desta primeira geração dos Buendia que a história se desenvolve, ao ponto de fazer o leitor perder a conta à árvore genealógica da família.

Apesar das diferentes personalidades, as várias gerações desta família têm um aspeto em comum. A repetição de nomes e de características à medida que as gerações avançam dá a impressão de uma narrativa cíclica. Cada membro da família tem o seu destino traçado com base na sua origem: todos eles estão condenados a “cem anos de solidão”.
O livro retrata, portanto, a história da família, desde a sua ascensão até à sua queda. Como pano de fundo, as guerras e os conflitos parecem ser uma alusão às convulsões político-sociais da terra natal do escritor colombiano, Aracataca.

Resultado de imagem para gabriel garcia marquez


Fonte: Revista Galileu, retirado de : https://revistagalileu.globo.com/Cultura/noticia/2017/05/cem-anos-de-solidao-livro-de-gabriel-garcia-marquez-faz-50-anos.html

    Créditos: Reprodução

No estilo de realismo fantástico, o autor desenvolve temas como revoluções, fantasmas, incesto, corrupção e loucura. A impressionante descrição dos acontecimentos ao longo de toda a obra é um dos motivos pelo qual Cem Anos de Solidão foi reconhecida como a obra-prima de Gabriel García Márquez, bem como um marco da literatura latino americana. Quinze anos após a sua publicação, em 1982, o célebre escritor colombiano ganhou o Prémio Nobel de Literatura.

Gabriel García Márquez, que faleceu no ano de 2014, recusou sempre a adaptação da obra para uma versão audiovisual. Os filhos do escritor, Rodrigo e Gonzalo García, acabaram por aceitar a proposta da empresa e farão o papel de produtores executivos da série.

Segundo a revista Variety, grande parte das filmagens vão decorrer na Colômbia e o idioma será o espanhol. A língua original do livro na adaptação era uma exigência do próprio escritor. Ainda não há uma data definida para a estreia da série na Netflix.

Sneak peek da série: https://twitter.com/i/status/1103294410429685760

Artigo revisto por Ana Roquete

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *