Atualidade,  Informação

Miguel Oliveira é vice-campeão mundial de Moto3

Para ser campeão, o piloto português precisava de vencer a prova e precisava de que o britânico Danny Kent não ficasse nos 14 primeiros lugares.

34543535

Mais um título a somar a tantos outros que Portugal traz para casa. Desta vez foi Miguel Oliveira que fez a proeza. O piloto português somou este domingo o sexto triunfo da temporada no Grande Prémio da Comunidade Valenciana e o terceiro consecutivo no Mundial de motociclismo de Moto3.

Para conquistar o título de campeão, Miguel Oliveira precisava de ficar em primeiro lugar na prova e precisava também de que o britânico Danny Kent não ficasse nos 14 primeiros lugares. Tal não aconteceu, uma vez que Kent conseguiu o 9.º lugar – posição suficiente para fazer dele o novo campeão mundial.

Miguel Oliveira regista assim na sua classificação final desta temporada 254 pontos – menos seis pontos do que Danny Kent. O britânico mostrou que estava confiante e sabia que podia ganhar: “Nas últimas quatro corridas sabíamos que podíamos ser campeões. Hoje, estava a controlar a vantagem e agora sinto um grande alívio por ter conseguido o título”.

Esta torna-se na sexta vitória da temporada para Miguel Oliveira. Antes de vencer em Espanha, Miguel somou vitórias em Itália, Holanda, Aragão, Austrália e Malásia. “Neste momento, estou a sentir sentimentos mistos. Sabíamos que tínhamos poucas hipóteses, mas estou contente pela equipa e pelo incrível final da temporada”, contou à agência Lusa.

Esta corrida não fica apenas registada na memória de Miguel Oliveira, mas também nos recordes do país: este foi o melhor registo de sempre de um português no Mundial de velocidade. Com apenas 20 anos, o piloto português – que tem cinco anos de experiência no Moto3 – sagra-se assim vice-campeão mundial.

Miguel Oliveira, que começou a competir aos nove anos de idade, falhou este domingo o título mundial, mas não é motivo para descontentamento. O piloto português conseguiu confirmar a promoção para a categoria intermédia: o Moto 2. Este é um passo importante para Miguel, uma vez que o seu sonho é correr em MotoGP.

Em paralelo aos títulos nas corridas de duas rodas, Miguel Oliveira tem as suas prioridades bem definidas. Partilha o seu amor pelas motas com o sonho de ser médico dentista. Para já, soma ao seu currículo o título de vice-campeão mundial de Moto3 e a frequência no primeiro ano de faculdade em medicina dentária.

34543535234324

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *