• Opinião

    Pensar Fora da Caixa

    Há muitos lugares-comuns. Em todo o lado nos dizem que é preciso “pensar fora da caixa”, o que, de certa forma, não deixa de ter uma certa ironia. Apelam-nos a que sejamos diferentes da mesma forma que todos os outros o fazem. Dizem-nos que temos de fazer a diferença, não acrescentando sequer uma vírgula ao discurso de todos os outros. O “pensar fora da caixa” está bem dentro da caixa e nada é mais do que um exercício de travestismo linguístico que eu gosto de acompanhar e aprecio até (o único travestismo que acompanho e aprecio, diga-se). É dito desta forma como se fosse uma ideia nova, mas a ideia…

  • Opinião

    Doçura ou Travessura?

    Um dos fenómenos que mais me agrada na globalização é ver europeus tentar ser americanos. Não falo daquelas coisas que foram importadas para a Europa e que entraram de forma natural. Refiro-me àquelas coisas que as pessoas seguem, mesmo sem gostar, só porque vêm dos Estados Unidos. O maior exemplo disto aconteceu esta semana: o Super Bowl. Há aquelas pessoas que gostam genuinamente de Futebol Americano e acompanham ao longo de toda a época. Em Portugal, como me parece bastante claro, esta é uma minoria daquelas bem minoritárias. Provavelmente, nem conseguiam o número suficiente de assinaturas para formar um partido. No entanto, há sempre aqueles que assistem ao Super Bowl…

  • Opinião

    Legionellagate

    O recente surto de Legionella tem dado muito que falar e, por isso mesmo, é a melhor notícia dos últimos tempos para o Governo. Enquanto as pessoas falam disto e tomam banho de porta aberta para não fazerem vapor de água, não falam do Governo. Eu lamento, devo dizer. Queria ver as pessoas a falar sobre o Pires de Lima ter parecido um ventríloquo na Assembleia da República, mas, por outro lado, podia levantar-se sempre a questão de quem era a mão que o manipulava (e todos sabemos por onde são manipulados os ventríloquos) e era desagradável. Ser o Donaltim não é fácil. O Governo tem razões para celebrar a…

  • Opinião

    Bizarria Mundial

    Cerca de um mês antes de começar uma grande competição de selecções, são muitas as questões que qualquer pessoa interessada no assunto quer ver respondidas. Quem são os favoritos? Em que sistema táctico vai jogar a selecção A e a selecção B? Os lesionados vão recuperar? As pessoas estão com a selecção do seu país? O país que recebe a prova está preparado para a receber? Tudo isto passa um pouco ao lado. Entramos numa outra dimensão. Uma dimensão esquizofrénica da cobertura mediática do evento. E não me refiro apenas à extenuação de termos de saber os ciclos de sono dos jogadores juntamente com os seus hábitos de leitura, os…

  • Opinião

    Não seja esquisito: largue a sardinha e coma o manjerico

    Eu nunca fiz campanha eleitoral pelas minhas práticas. Cada um toma as opções para a sua vida que considera melhores. Não sou vegan e não tenho nada contra vegans. O que eu contesto é aquele tipo de vegan que chama cruel a quem come carne e peixe e não vê mais nada à frente dos seus olhos do que o veganismo (e bem sabemos que as cenouras fazem bem aos olhos); aquele tipo de vegan que veste o seu cão com uma blusa de malha antes de sair à rua; aquele tipo de vegan que diz que somos omnívoros por opção (sim, eu escolhi nascer com caninos!). Imaginem que a…