• Atualidade,  Informação

    Presidente colombiano recebe o Prémio Nobel da Paz

    Juan Manuel Santos, o atual presidente da Colômbia, recebeu hoje a nomeação do Comité Nobel norueguês para o Prémio Nobel da Paz. Descreve-se “honrado” e “agradecido”. Já foi escolhido o galardoado do Prémio Nobel da Paz de 2016: Juan Manuel Santos, que sucede ao Quarteto de Diálogo Nacional da Tunísia. Juan Manuel Santos destacou-se pelo intenso trabalho em pôr termo a uma guerra civil prolongada, que já atingia a Colômbia desde 1964 e que causou cerca de duzentos e vinte mil mortos e seis milhões de deslocados. Assim, o presidente colombiano sempre defendeu que “Trocar as balas pelos votos e as armas pelos ideais é a decisão mais corajosa e…

  • Atualidade,  Informação

    Conselho de Segurança da ONU aprova negociações de paz para a guerra na Síria

    Na noite passada, os membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas aprovaram unanimemente uma resolução que define qual o roteiro que as potências internacionais devem seguir para se implementar a paz na Síria. Nesta resolução, ficou decretado que a ONU tem de apresentar ao Conselho de Segurança diversas propostas que permitam a monitorização de um cessar-fogo dentro do espaço de um mês. Este documento aprovou ainda o calendário que fora previamente aprovado num plano negociado em Viena, que visava início de negociações entre o Governo Bashar Al-Assad e a oposição. Este calendário de dois anos procura estabelecer um Governo de unidade nacional e convocar eleições. A resolução…

  • Opinião,  Secções

    Egocentrismo amoroso

    Não quero ter filhos. O próprio conceito de paternidade assusta-me tremendamente: o fardo de ter de moldar o futuro de um recém-nascido, o dispêndio temporal e a subsequente destruição dos meus (ou nossos, dependendo do grau de divórcio) tempos livres e a pressão social intrinsecamente relacionada com os comentariozinhos do tipo “se ele fosse o meu filho, eu…”. Que dor de cabeça! Já tenho doenças mentais que cheguem! A minha ansiedade patológica ia gritar por piedade. Para dizer a verdade, é mais egoísmo do que outra coisa. Adoro estar sozinho. Não no sentido de me sentir só, mas no de ter o meu espaço, o meu silêncio. Todas as relações…