• Opinião

    O pequeno ditador

    Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Não gosto de falar de futebol; considero o “desporto-rei” um assunto relativamente aborrecido. Já a minha namorada é uma Sportinguista doente. São estas idiossincrasias que nos unem. É verdade que no passado tive um ódio escarlate a tudo o que o futebol representa: o fanatismo, a irracionalidade, a corrupção, o esbanjamento financeiro, etc. Mas a idade amolece o espírito e acalma a raiva, e as pequenas coisas que nos irritavam tornam-se irrelevantes. Acaba por dar mais trabalho odiá-las ativamente. Neste momento o futebol é-me indiferente. Não obstante, este festival das últimas semanas tem sido assustadoramente delicioso. Admito o meu voyeurismo…

  • Desporto

    Assim o Sporting devia acabar

    O Sporting é um clube sofredor. A seca de títulos notórios, sem querer tirar mérito a Taças de Portugal e Supertaças, tem causado, ao longo dos últimos anos, um clima de mau-estar e de certo desespero em torno da massa associativa, e esse desespero nem se deve tanto a essa seca: deve-se muito, também, ao Benfica ganhá-los ou disputá-los pelo Sporting. Em 2005, à boa moda leonina, a equipa desperdiçou a oportunidade única de ganhar o seu maior título de sempre (a Taça UEFA) no seu próprio estádio. Chorei bastante nesse dia, como adepto incondicional do meu clube, aos 7 anos. Mas à medida que fui crescendo e me fui…

  • Desporto

    Título a Três

    O campeonato nacional promete luta até ao fim. São sete as jornadas que nos separam do encerramento da prova, e, para já, nada está decidido. Do primeiro ao terceiro classificado distam apenas cinco pontos, algo que nos leva a colocar em cima da mesa todo o tipo de cenários. Porto, Benfica e Sporting dividem mais uma vez o protagonismo, numa disputa bastante acesa. Quem levará a taça para casa – isso só o futuro nos dirá. Em tempo de pausa para os particulares de seleções, os treinadores dos três grandes certamente afinam estratégias para o que resta da Liga NOS. É já no próximo fim-de-semana que as emoções voltarão aos…

  • Desporto

    Um Sporting quanto baste

    Depois de sair derrotado no clássico do último fim de semana frente ao Futebol Clube do Porto, o Sporting Clube de Portugal ficou com uma desvantagem de 8 pontos em relação ao líder e, assim, é o primeiro concorrente ao título a pegar na calculadora e a fazer as primeiras contas à vida. Depois de um início de época fortíssimo, os leões começaram a perder algum gás e o plano de Jorge Jesus está a começar a vacilar. No ano do “tudo ou nada”, o Sporting foi conciso e bastante eficaz nas contratações que realizou. Foi buscar muitos jogadores, mas todos eles tiveram um papel (e ainda o têm) essencial…