• 7ª Arte

    Marvel vs. DC Comics – O eterno confronto

    Os super-heróis viviam em quadradinhos e no nosso imaginário muito antes de chegarem ao grande ecrã. Este universo é vasto e interessante e as muitas personagens dobram-se e desdobram-se entre mil meios e narrativas diferentes. Os super-heróis da Marvel e da DC chegaram à 7ª Arte por volta dos anos 90 e, atualmente, é difícil não encontrar um super-herói no cartaz – prova disso é Thor: Ragnarok nas salas de cinema e Liga da Justiça prestes a chegar. A caminhada até este ponto foi… complicada. Os primeiros filmes eram praticamente caricaturas: demasiado exagerados e mal-executados para serem levados a sério. Contudo, a certa altura alguém percebeu que estas produções tinham…

  • 7ª Arte,  Secções

    Capitão América: Guerra Civil

    Este é o ano em que os super-heróis não se entendem. Depois de Batman e Super-Homem medirem forças, chega aos cinemas Capitão América: Guerra Civil. Entre os dois filmes há uma grande diferença: um é uma confusão e o outro é uma obra-prima dentro do seu género. A Marvel apostou em grande e mais uma vez oferece-nos um filme brilhante. Realizar um filme que seja completamente fiel à banda desenhada é bastante complicado. São dois suportes diferentes, cada um com os seus limites, as suas capacidades e as suas peculiaridades. Sabia-se à partida que esta Guerra Civil não teria a dimensão daquela que figura nos quadradinhos, que era impossível usar…

  • 7ª Arte,  Secções

    Batman vs. Super-Homem: O Despertar da Confusão

    Zack Snyder junta dois dos maiores super-heróis da banda desenhada em Batman vs. Super-Homem, um filme que tinha o potencial para ser épico mas que fica longe desse estatuto. O enredo tem uma estrutura pobre, as personagens estão mal construídas e o resultado final é confuso. O sucesso que se tem verificado a nível de bilheteiras não se reflete nas críticas: essas têm sido na sua maioria negativas. A maior falha deste filme reside no guião. A sua grande preocupação é construir uma ponte entre este filme e os futuros capítulos do universo cinematográfico da DC Comics, acabando por negligenciar a construção de narrativas coesas para as suas personagens e…

  • Opinião,  Secções

    E se o Homem de Ferro fosse uma mulher?

    Vaguear pelos corredores de banda desenhada nas livrarias é, para mim, uma das melhores experiências da vida. Gosto de comprar aqueles livrinhos, sejam da Marvel, DC, Dark Horse ou Devil’s Due Entertainment. Gosto de entrar nas livrarias com as minhas camisolas do Iron Man. Mas não gosto de algumas pessoas que encontro nesses corredores. Não gosto das conversas que temos. Uma vez fui abordada por um rapaz (se conta para alguma coisa, parecia ter uns 20 anos) que se sentia muito ofendido por eu estar na secção da banda desenhada quando claramente eu só conhecia o Iron Man por causa dos filmes da Marvel. Pobrezinho, lá tive de lhe explicar…

  • 7ª Arte

    SUPER-HERÓIS: Uma fuga da realidade ou uma fuga para a realidade que vemos no ecrã?

    Recentemente, Hollywood tem dado grande destaque aos super-heróis, produzindo um variado número de filmes, bem como de séries sobre estas icónicas figuras. No entanto, terão estas produções alguma relação com a actualidade mundial? Os ataques em Gaza, as acusações dos EUA à Rússia por participar directamente nos combates no Leste da Ucrânia ou a crise financeira e social estão directamente ligadas com o grande número de produções recentes de Super-Heróis em Hollywood. Vejamos: a situação do mundo quando os primeiros Super-Heróis apareceram, ainda em livros de Banda-Desenhada, não era muito diferente da actual. Durante o período da Grande Depressão Americana, onde o poder de compra caíra, o desemprego aumentara e…