Música

Talentos que se perderam

Quantos programas de caça-talentos conhecem? Imensos… E cada país tem os seus. Ídolos, The Voice e Fator X são os programas mais vistos que procuram talentos na área musical. E quantos deles foram esquecidos depois de milhares de aplausos e continuaram as suas vidas? Muitos…

Reconheço que o mundo da música é muito competitivo, cada vez mais. As pessoas são cada vez mais exigentes e informadas e já não se contentam com o “bom”, querem sempre melhor e diferente. E é obrigação dos artistas agradar às pessoas, porque sem elas deixam de ser artistas e serão apenas como alguns talentos, cujo momento de se mostrar terminou rapidamente.

11092709_938935162783313_1016688103_n

Cantores há muitos, bons cantores também. Excelentes cantores… também. Malaki Paul, com apenas 9 anos, participou no Britain Got Talent, emocionou-se e emocionou os jurados. Foi elogiado por todos e, infelizmente, apenas chegou às semifinais. Com o passar dos anos, foram sendo esquecidos o seu talento e a sua voz. Connie Talbot é uma menina que em 2007, com apenas 6 anos, chegou até à final no Got Talent. Incrivelmente, com aquela idade, entrou logo no mundo da música. Lançou um álbum e cantou em eventos. Atualmente, ainda conhecemos e ouvimos esta menina com uma voz doce, que percorre o seu caminho numa vida normal.

11081585_938935256116637_1365125959_n.jpg

O nome Bella Ferraro diz-vos alguma coisa? Ela concorreu ao X Factor na Austrália e terminou em 4º lugar. Após a sua participação já lançou algumas músicas, mas a sua identidade não é muito conhecida, apesar do talento que possui. Quem teve um percurso idêntico foi Jade Richards, que inclusive participou duas vezes no programa, mas não teve a possibilidade nem a “sorte” de conseguir alcançar os seus sonhos.

11094289_938935152783314_628677990_n

Danyl Johnson teve, como disseram os jurados, a “primeira melhor audição de sempre” no X Factor. Infelizmente essa audição não o levou à vitória e não lhe trouxe grandes projetos para depois do programa. Conhecido por todos nós, Chris Medina e o seu hit, “What are words”, chegou a todo o lado e apaixonou toda a gente por si e pela sua vida de lutador. Na altura em que participou no American Idol gravou várias músicas e lançou um CD. Tenho pena que atualmente esteja um pouco a entrar no esquecimento, pois acho que tem uma voz que aquece corações.

11093293_938935229449973_2071024238_n

Muitas são as vozes que ainda estão para ser descobertas e muitas já o foram. Alguns nomes de muitos dos artistas talentosos que não conseguiram alcançar uma carreira a solo são Rion Page, Ellona Santiago, Danie Geimer, Phillip Lomax, Willie Jones e Khaya Cohen.

11092119_938935186116644_677895904_o

Ir a audições em grupos nem sempre é muito fiável. Não se conhece as pessoas, não se sabe se o grupo é forte ou se vai desmoronar-se à mínima discussão. Suponho que seja por isso que não se ouve falar mais na maior parte dos grupos depois deste tipo de programas – grupos como “Good Question”, “Fourtunate”, “Trill”, entre outros. Por outro lado, de grupos como “Fifth Harmony” e “Little Mix” ainda se ouve falar por aí, talvez por serem de edições mais recentes. Porém, devo destacar uma dupla apaixonada e apaixonante que surpreendeu e conquistou os jurados e não só. “Alex and Sierra” venceram uma edição do X Factor e lançaram-se no mundo da música. É considerado o melhor ou dos melhores duetos amadores que passaram pelos palcos. Já lançaram o seu primeiro álbum e são admirados por milhares de pessoas fascinadas pelo seu amor e pela música.

11073028_938935149449981_1959818412_n

É sempre mais fácil conseguir uma carreira musical internacional estando numa das grandes cidades da música ou tornando uma performance incrivelmente viral. As produtoras e os cantores mais influentes encontram-se em países como a Inglaterra, por isso é normal que seja difícil para os talentos nacionais alcançar logo o auge. Isso não os impede de ser talentosos e mostrar o que valem. Portugal tem muitos talentos e que o digam jovens como Mariana Rocha (Açoriana) e o já conhecido D8, participantes do Fator X. Os Ídolos também mostraram muitas vozes incríveis, como a de Benedita Gonçalves, Bianca Barros e de Rui Drumond.

11051241_938935172783312_998981473_n

Mas não é só de tristezas que estes programas são feitos. Muitos talentos, mesmo não tendo alcançado o 1º lugar, conseguiram seguir a carreira musical, com a ajuda de jurados e produtoras. Alguns deles são conhecidos e adorados mundialmente, como é o caso de Kelly Clarkson, Adam Lambert, One Direction, James Arthur, Christina Grimmie, Olly Murs, Leona Lewis, entre muitos outros (de uma lista extensa). E Susan Boyle? A senhora de 48 anos que ganhou coragem para mostrar a sua voz e por esta altura já lançou vários álbuns.

Estas são boas notícias, porque é notório que estes programas têm o seu valor e, pelos milhares de participantes que se inscrevem, vemos que todos dão importância a programas de “caça-talentos”.

Avatar

Veio da Ucrânia, é apaixonada por tudo o que considera fascinante, sonha em organizar eventos e escrever um livro. Não passa um dia sem ouvir música ou ver séries/filmes, e gosta de se expressar através da escrita. Neste momento, a sua prioridade é o curso de Publicidade e Marketing, um grande passo para alcançar os sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *