• Opinião

    Pedras e Sátiras

    Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra. Ou quem tem alguma reclamação a fazer para com a organização da sua universidade. Tanto faz. Vamos ampliar o ditado para incluir os recalques dos discriminadores, pois todos merecem uma voz. E é só um ditado. Bem como, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o cartaz escrito “Grátis se for para atirar a um zuca que passou à frente no mestrado” colocado numa caixa com pedras era apenas uma sátira. Teve muita piada para um público alvo, mas nenhuma para aqueles que foram referidos como alvo. Neste ano ainda, em março, estávamos todos estupefactos com o acórdão…

  • Música

    Map of The Soul: Persona: novo álbum dedicado aos fãs

    Os BTS estão de volta com o seu novo álbum, Map of the Soul: Persona que conta com colaboração da cantora Halsey na música título “Boy With Luv” e do cantor Ed Sheeran na música “Make It Right”. BTS é um acronimo “Bangtan Sonyeondan” (방탄 소년단), que se traduz para “rapazes à prova de balas”.  O grupo, composto por 7 membros, RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook, foi formado pela empresa de entretenimento Big Hit em 2013. Nas suas músicas, os BTS mencionam a saúde mental, o amor próprio e também as críticas sociais. No entanto, Map of Soul: Persona é, desta vez, um álbum dedicado aos fãs,…

  • Atualidade

    Costa já não se demite

    Primeiro Ministro arriscou com o ultimato aos deputados, mas saiu a vencer: Não só o seu governo sai reforçado, como a subida nas sondagens se vai notar. Geringonça sai fragilizada.  Direita “deu um tiro no pé” e o partido Aliança, de Pedro Santana Lopes, pode capitalizar parte do eleitorado do CDS e PSD. O texto final que reconhecia a recuperação da contagem integral do tempo das carreiras congeladas dos professores foi chumbado por PS, PSD e CDS-PP. A favor votaram o PCP, BE e PEV. O PAN ficou-se pela abstenção. A votação surge após uma semana quente, politicamente falando, com o governo de António Costa a acenar com a demissão…

  • Made In ESCS

    “Queria uma mudança. Sabia que queria mais”

    Do Alentejo para a capital, aos 22 anos, Patrícia Lemos Vieira, estudante de Relações Públicas e Comunicação Empresarial, encontrou a sua grande paixão: o mundo da televisão. Atualmente, depois de ter participado num casting, é apresentadora na MTV. O que é que te motivou a participares no casting da MTV? P.V: Queria uma mudança. Sabia que queria mais. Não estava assim tão confiante com o curso. Sabia que não era bem isto, se calhar, que eu queria fazer e precisava de uma cena diferente. Sempre soube que queria alguma coisa ligada ao entretenimento, e de preferência com o contacto com o público, seja em televisão seja em redes sociais. E…