João Mendes

Literatura

“Louise Glück. Quem?”

                No passado dia 8 de outubro, a Academia Sueca Alfred Nobel anunciou que Louise Glück era a feliz contemplada deste ano. O galardão foi-lhe

Ler mais »
Opinião

A Segunda Traição Das Imagens

Em 1929, René Magritte mostrou ao mundo o seu icónico cachimbo que não permitia que se fumasse por ele. Contexto: no quadro do surrealismo, Magritte

Ler mais »
Literatura

ENTRE NÓS E A PALAVRA

Entre nós e as paredes, o nome que não pode ser pronunciado. A história relembra-nos de cercos militares de grande sapiência tática. A mesma história

Ler mais »
Opinião

O mito do regresso à normalidade

Desde que o novo coronavírus se propagou com incidência mundial, Bruno Aleixo, eminente vulto da cultura portuguesa contemporânea, optou, nas suas rubricas radiofónicas semanais, por

Ler mais »
Opinião

Dicionário web-summitês-português

            A páginas tantas do Livro de Desassossego, Fernando Pessoa – ou Bernardo Soares, como preferirem – escreve, a respeito a língua portuguesa, a afirmação

Ler mais »
Opinião

Tenho ‘Insta’, logo existo

Em 1637, René Descartes escrevia, na quarta versão do seu Discurso sobre o Método, uma das frases mais emblemáticas e vilmente apropriadas da história da

Ler mais »
Arquivo