• 7ª Arte

    Três filmes onde a política foi protagonista

    *Artigo redigido no âmbito da edição especial de Janeiro “Sufrágio Contemporâneo” 2021 começou com acontecimentos importantes, tanto na política nacional como internacional. Se a 20 de janeiro Joe Biden tomou posse como 47º Presidente dos Estados Unidos, por cá também já ficámos a saber quem será o nosso Presidente da República nos próximos cinco anos (sem surpresas, diga-se). Em qualquer um dos casos, a cobertura da corrida a cargos presidenciais é feita como se de um filme se tratasse – ultimamente, têm-se assemelhando a uma comédia satírica. As complicações da vida política há muito que são motivo de interesse para Sétima Arte, tem dedicado muitas das suas obras a momentos-chave…

  • 7ª Arte

    “De Onde Venho, Para Onde Vou”: a nova programação do Doclisboa é uma reflexão sobre a vida e o futuro

    O atual contexto pandémico que vivemos obrigou a organização do festival de cinema Doclisboa, que celebra 17 anos de existência, a adaptar-se às novas limitações. Do grande ecrã para os mais pequenos e acessíveis em qualquer lado, a 18ª edição do festival acolhe agora mais uma programação exclusivamente online. Desde março de 2020 que o setor da cultura foi obrigado a reinventar-se completamente para poder continuar a funcionar – ainda que com várias restrições e um inegável impacto negativo – e o Doclisboa não foi exceção: a 18ª edição do festival, que teve início em outubro de 2020 e que decorrerá em seis momentos ao longo de seis meses, migrou…

  • 7ª Arte

    Dos corredores da ESCS para os nossos ecrãs

    *Este artigo faz parte da edição digital de novembro de 2020 – Manual de Sobrevivência* O mês de outubro já chegou e com ele vêm os novos alunos da Escola Superior de Comunicação Social. Independentemente do curso que frequentam, a nossa escola está cheia de pessoas talentosas e que vingaram na sua área. Por isso, e como forma de dar as boas vindas aos nossos caloiros, preparámos uma lista de filmes e documentários realizados por escsianos, para que fiquem a conhecer (alguns) dos talentos que aqui estudaram. Kalani – Gift From Heaven O primeiro trabalho que escolhemos é o documentário realizado por Nuno Dias, licenciado em Audiovisual e Multimédia, que…

  • 7ª Arte

    Quando a música rouba a cena: 4 vezes em que a banda sonora foi protagonista

    Frequentemente incorremos no erro ingénuo de acharmos que a banda sonora é um elemento extra, algo que existe para complementar a obra maior. A afirmação não é sempre errada, se tivermos em conta a quantidade de filmes em que a música é apenas barulho de fundo, estando lá unicamente para encher um vazio, quer seja no conteúdo, quer seja no ritmo da obra. Mas, quando bem utilizada, a banda sonora perde (e bem) o seu estatuto de extra e ascende ao nível de protagonista, tendo tanta importância como o elenco ou o realizador, e torna-se numa personagem por si só. Estas afirmações levantam, inevitavelmente, a seguinte questão: quando é que…

  • 7ª Arte

    “Goodbye, Lenin!”: Uma viagem pela Ostalgie e os tempos que não voltam mais

    A 9 de novembro de 1989, a Alemanha e o resto do mundo assistiam ao início da queda do Muro de Berlim. O fim da cortina de ferro que separava um país em República Federal Alemã (RFA) e República Democrática Alemã (RDA) marcou também a queda da União Soviética e da Guerra Fria e foi o final derradeiro dos efeitos secundários da Segunda Guerra Mundial. Quase 14 anos depois, a 9 de fevereiro de 2003, estreava “Goodbye, Lenin!” O filme de Wolfgang Becker conta-nos a história de Christiane, uma comunista devota do seu regime e cidadã exemplar, que sofre um ataque cardíaco e entra, consequentemente, em coma. Nos meses que…

  • 7ª Arte

    Os derradeiros clássicos para assistir na noite de Halloween

    O fim do mês de outubro está mesmo aí à porta e com ele vem o Halloween. Criada com o intuito de celebrar os mortos e conhecida originalmente como All Hallows Eve,  esta é uma tradição anglo-saxónica com origem no século XVIII. Mas a verdade é que o modo como é celebrada hoje em dia já pouco ou nada tem a ver com as suas origens. E se há quem adore passar a noite em festas ou na tradicional “trick or treating”, a verdade é que este ano a pandemia obriga a repensar os nossos hábitos e a criar outras formas de celebrar a festividade. Quem disse que uma noite…