Made In ESCS,  Música

Música, festa, animação, capas e tradição.

Foram estas as palavras de ordem prometidas e alcançadas na já tão conhecida Noite de Serenatas, que encheu o Auditório Vítor Macieira, no passado dia 23 de Maio. Começando à hora programada, a Noite de Serenatas, inserida no 18º Tuna M’Isto – festival de tunas organizado pela nossa escstunis -, contou com a presença de quatro já conhecidas tunas: a Magna Tuna ApocalISCSPiana (ISCSP), a Quantunna (Universidade de Coimbra), a Tuna Económicas (ISEG) e ainda a Vicentuna (FCUL). A apreciação do espectáculo ficou a cargo de jurados bem conhecidos no meio que é a vida académica: o ex-escsiano e veterano Dylan “Falópio” Morais, a veterana da EnfTuna Marta “Slimscream” Pereira, Bernardo “Estrela” Gonçalves, tuno da ForTuna, o conhecido Henrique Feist e Manuel Rebelo.

Foi a Magna Tuna ApocalISCSPiana quem abriu a noite, com uma adaptação da música dos Deolinda, Passou por Mim e Sorriu. Um dos momentos altos da noite coube à Tuna Económicas, que, com o seu original Sonho de Amor, viria a ganhar o prémio de Melhor Serenata, entregue na noite seguinte. A Quantunna entrou em palco e mostrou um formato um pouco diferente daquele que é oferecido pelas restantes tunas, deixando bem presente na actuação o seu encanto especial, vindo de Coimbra. A última tuna convidada da noite, a Vicentuna, terminou a sua actuação dedicando a música Feiticeira do Tejo, um original, à anfitriã escstunis.

E, como já seria de esperar, a escstunis tocou, cantou e encantou. Com um repertório já bastante conhecido entre a comunidade escsiana, ouviu-se o Medley da Saudade – uma mistura de Vocês Sabem Lá com a Ilha. Quanto a originais, presenteou o público com Teu Sorriso.

A noite acabou com um royal flush, nas Escadas do Infinito, com muita música e diversão.

A Tuna Económicas fala connosco.
Os sensuais apresentadores do Tuna M’isto, Cláudia “Molaflex” Bem e Gonçalo “Entre Aspas” Ribeiro.
Magna Tuna Apocaliscspiana
Magna Tuna Apocaliscspiana abrindo a noite com uma adaptação dos Deolinda.
A escstunis dava os últimos retoques à sua casa.
A escstunis dava os últimos retoques à sua casa.
A Quantunna, Tuna Mista da F. C. T. da Universidade de Coimbra, mostra os dotes coimbrenses.
A Quantunna, Tuna Mista da F. C. T. da Universidade de Coimbra, mostra os dotes coimbrenses.
A Tuna Económicas deixa bocas abertas com o seu "Sonho de Amor".
A Tuna Económicas deixa bocas abertas com o seu “Sonho de Amor”.
E eis que a VicenTuna confirma o amor pela magia do palco com o seu "Feiticeira do Tejo", dedicado à escstunis.
E eis que a VicenTuna confirma o amor pela magia do palco com o seu “Feiticeira do Tejo”.

 

A tuna da casa termina a noite com o "Teu Sorriso".
A tuna da casa termina a noite com o “Teu Sorriso”.
O criador da ESCS MAGAZINE e membro da escstunis, Gonçalo Amorim, descreve-nos os seus pareceres acerca da noite das serenatas.

 

Artigo realizado por: Ana Mafalda Monteiro e Inês Ameixa

Reportagem fotográfica por: Ana Mafalda Monteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *