7ª Arte,  Secções

Sessão Especial: Filmes de Comédia

Captura de ecrã 2016-05-6, às 01.08.33

A comédia é um dos géneros mais populares no cinema. Atualmente, todos os cartazes têm um filme cómico. Porquê? Porque todos adoramos rir. Independentemente das circunstâncias em que estivermos há sempre uma comédia à espera de ser vista. E uma coisa é certa, é impossível ver um (bom) filme de comédia e não nos sentirmos felizes depois. Nesta “Sessão Especial” partilhamos alguns dos filmes de comédia de que mais gostamos e que reveríamos sem pensar duas vezes.

Guilherme Freitas
Monty Python’s Life of Brian (1979)
Esta sátira religiosa produzida pelos geniais Monty Python é considerada um clássico e um dos melhores filmes de comédia de sempre. O nonsense e o sarcasmo do humor britânico estão bem patentes em A Vida de Brian, com momentos hilariantes de puro riso de nos levar às lágrimas. O excelente guião e as atuações de John Cleese e companhia tornaram este polémico, mas largamente aclamado filme, numa das mais memoráveis longas-metragens da história do cinema, que merece ser vista, e revista, por todos, ficando o alerta de que há uma elevada probabilidade de ficarem sem ar de tanto rir!

João Tomé
Uma Noite Atribulada (2010)
Quando me foi pedido para escolher o filme de comédia que mais me marcou, a única certeza que tinha em relação à escolha era a de que, fosse qual fosse o filme, este tinha de ser protagonizado por Steve Carell, uma vez que é um dos meus atores de comédia favoritos. Assim, a escolha recaiu sobre o filme Uma Noite Atribulada (ou, no título original, Date Night), onde Carell e Tina Fey, que apresentam uma química excecional no ecrã, personificam um casal dos subúrbios que apenas procura uma noite afastado da monotonia em que a sua vida se tornou e acaba por ver a sua noite de “liberdade” completamente destruída devido a uma sequência de azares e mal-entendidos.

Lyubov Pataliy
Untouchables (2011)
Amigos Improváveis é um filme francês de 2012 que conta uma história tocante com a dose certa de comédia. Confesso que é difícil agradar-me com uma comédia, mas este filme é especial, para além de mostrar ainda os valores de uma amizade inesperada. O facto de ser inspirado em factos reais motiva-me ainda mais para voltar a vê-lo.

Sofia Fernandes
Bridget Jones’s Diary (2001)
O Diário de Bridget Jones consegue sempre fazer-me rir. Culpo a Bridget Jones, uma das personagens mais engraçadas que já vi no grande ecrã. Todas as suas peripécias, românticas ou não, são hilariantes e quando a ouço cantar é impossível não rir até chorar. A história é importante, mas o elenco é soberbo: Renée Zellweger (antes das cirurgias plásticas) faz mais do que dar cara a Jones – ela conhece, percebe e adora o seu papel; Hugh Grant interpreta Daniel Cleaver, o galã, charmoso e diabólico, e Colin Firth é o altivo e secretamente apaixonado Mark Darcy.

Soraia Amarelinho
Little Miss Sunshine (2006)
O Little Miss Sunshine conta a história duma família invulgar que faz uma viagem pelo país a bordo de uma “carrinha pão-de-forma” para que Olive, a filha mais nova, possa participar num concurso. Ao longo da viagem, todos os membros da família são obrigados a lidar com os seus problemas pessoais e, claro, com os problemas que têm entre si. Ainda que o filme tenha algum drama, o humor é constante e inteligente. É um filme que adoro porque sempre que o vejo fico com um sorriso para o resto do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *