• Artes Visuais e Performativas

    Museu Van Gogh – a alma impetuosa da cidade de Amesterdão

    É em plena Praça Dos Museus (Museumplein), em Amesterdão, que podemos encontrar um espaço dedicado a um dos mais aclamados artistas de todos os tempos: o Museu Van Gogh. Este espaço foi o eleito pelo sobrinho do artista Vicent Van Gogh, Vicent Willem Van Gogh, para expor as obras do tio e partilhar com o mundo o legado e a vida do mesmo. No edifício de três andares, todos dedicados à vida do artista holandês, podem encontrar-se relatos tanto da vida pessoal do artista como dos seus estudos artísticos. Passemos, então, antes de mais nada às apresentações (mais ou menos) formais. Vicent Van Gogh nasceu em Zundert, Holanda, a 30…

  • Grande Reportagem

    “Silêncio que se vai falar de artistas”

    Maria Candal, Linita Marques ou Pedro Machado até podem ser nomes que, atualmente, pouco ou nada dizem a quem deles ouve falar, mas são nomes que já fizeram história. Nos dias de hoje, os três vão percorrendo os corredores daquela que é agora a sua casa, a Casa do Artista, partilhando memórias e contando histórias. [cycloneslider id=”casadosartistas1″] Confortavelmente sentada num dos sofás que embelezam a chamada sala de visitas da Casa do Artista, repleta de quadros e fotografias de várias figuras ilustres da sua época, Maria Candal conta mais uma vez a sua história. Nascida em Candal, cidade que deu origem ao seu nome artístico, Maria era conhecida pela sua…

  • Música

    João Pereira – uma promessa da música portuguesa

    João Pedro Pereira tem 24 anos e nasceu em Albufeira, no Algarve. Entrou no mundo da música ainda bastante novo, no âmbito de projetos escolares. Hoje, já mais velho e experiente, dedicou-se à música a solo, escrevendo, em colaboração, as próprias músicas.   Quando começaste a cantar? No ensino básico. Quinto, sexto ano, por aí. Tínhamos a disciplina de música e fui quase que empurrado para isso. Os colegas voluntariavam-se para determinados instrumentos, viram que eu tinha algum talento para cantar. E foi aí que tudo começou? Sim, foi aí que comecei a fazer versões de músicas em conjunto com o professor e a atuar nos arraiais finais, no encerramento…

  • Artes Visuais e Performativas

    Leonel Neves, «o senhor das artes e dos ofícios»

    Estamos numa quinta. O grande portão verde abre-se de forma quase automática, fazendo ecoar um som que se assemelha ao ranger dos dentes de uma criança. O espaço é amplo e frio, mas as paredes são preenchidas por pequenas prateleiras, encaixadas lado a lado, que suportam as imensas ferramentas. Ouve-se música clássica. No centro, a raiz de uma árvore transformada em escultura. Ao lado, um homem sentado numa cadeira de baloiço: é Leonel Neves, o artista da madeira, do ferro e da pedra. De sorriso difícil e filosofia complexa, Leonel movimenta-se na estrutura de ferro que o próprio criou há meses. Apresenta-se como «o senhor das artes e dos ofícios».…

  • Música,  Secções

    Kendrick Lamar surpreende com “Untitled Unmastered”

    Depois do lançamento do seu terceiro álbum em 2015, “To Pimp a Butterfly”, no passado dia 4 de março, Kendrick Lamar decidiu presentear-nos com mais uma novidade – “Untitled Unmastered”. Ao contrário do que normalmente se espera de um álbum recente, este inclui temas que Lamar escreveu e gravou entre 2013 e 2016. Interessante é também os oito temas que compõem o álbum chamarem-se todos “untitled” e terem a data em que foram criados. O cantor comentou que os temas eram demos inacabadas do álbum anterior e várias publicações aprovaram esta continuação de “To Pimp a Butterfly”. Lamar, neste álbum, aborda assuntos polémicos, como a espiritualidade e a raça, para…

  • Artes Visuais e Performativas,  Secções

    Artista do Mês – Mário Linhares: «O desenho é a melhor forma de conhecer o mundo.»

    Cinco da tarde e uma pastelaria na Capital. Vislumbra-se uma mão a segurar um caderno. De sorriso fácil e sem pressas, Mário Linhares fala da sua profissão como sendo uma extensão da sua própria vida. «Sou professor por escolha e desenhador por vocação», revela. Retrato de Linhares feito por Lapin Quando começou a dar aulas? Em 2001, no Colégio das Doroteias no Linhó, em Sintra. Eles precisavam de um professor de Educação Visual; eu morava em Sintra, então perguntaram-me se queria. Eu tinha 21 anos e decidi experimentar, mas nunca foi algo que me passasse pela cabeça. E, quando comecei a dar aulas, gostei muito. Senti que, se desenhasse mais,…