• Atualidade

    Carles Puigdemont foi libertado, afirma ser uma vergonha para a Europa ter presos políticos

    Após ter pago a fiança imposta pelo tribunal alemão de 75 mil euros, o ex-presidente da Catalunha foi libertado e expôs as suas opiniões em relação à sua detenção, apelando pelos seus companheiros. O ex-presidente catalão saiu da prisão de Neumunster perto das 13h de sexta-feira, duas semanas após ter sido detido na Alemanha quando tentava regressar à Bélgica. À saída pediu que todos os seus companheiros que estão presos fossem libertados imediatamente, afirmando que “é uma vergonha para a Europa que tem lutado pela democracia ter presos políticos que não cometeram qualquer crime”, recorde-se que estão presos outros 13 políticos independentistas por crimes de rebelião. Puigdemont reforçou ainda: “É…

  • Atualidade

    Portugal em primeiro lugar na desigualdade salarial de género

    O fosso salarial entre homens e mulheres, em Portugal, cresceu 4,6% entre 2011 e 2016. De acordo com o gabinete de estatísticas da UE, entre 2011 e 2016, o fosso salarial entre géneros subiu 4,6%, situando-se em 2016 nos 17,5% (menos 0,3% do que no ano anterior). Portugal é um dos dez Estados-Membros da União Europeia em que a diferença salarial entre homens e mulheres subiu no período em análise, seguido pela Eslovénia (4,5%). Dentro da EU, o fosso salarial diminuiu 0,6% – dos 16,8% em 2011 para os 16,2% em 2016, impulsionado sobretudo pela Roménia (menos 4,4%), Hungria (4%), Espanha e Áustria (ambas com menos 3,4%), Bélgica (3,3%) e…

  • Atualidade

    Julgamento de extradição de Puigdemont adiado

    A justiça belga retardou a decisão de extradição do líder da Generalitat. Os advogados dos antigos dirigentes catalães serão ouvidos no dia 4 de dezembro. O julgamento surge na sequência da ordem de regresso europeia do ex-líder catalão e quatro ex-conselheiros do governo autónomo.     O Ministério Público da Bélgica pediu esta sexta-feira, 17 de novembro, a execução dos mandados de detenção europeus contra o presidente deposto do governo da Catalunha, Carles Puigdemont, e quatro ex-conselheiros, mas o juiz titular do processo decidiu adiar, para o próximo dia 4 de Dezembro, a decisão sobre os pedidos de extradição pendentes. Carles Puigdemont e os ex-conselheiros – Antoni Comín (Saúde), Meritxell Serret (Agricultura),…

  • Atualidade,  Informação

    Atentados terroristas na Bélgica provocam mais de 30 mortos

    Dia 22 de março de 2016 vai marcar a Bélgica pelos piores motivos. Três bombas explodiram em duas estações de transportes causando a morte a pelo menos 34 pessoas. Eram oito da manhã em Bruxelas, quando, no aeroporto de Zaventem, duas bombas rebentaram provocando a morte de pelo menos 20 pessoas. Uma das bombas terá sido acionada por um bombista suicida, segundo o afirmado pelo procurador federal belga. Houve ainda uma terceira explosão, uma hora mais tarde, na estação de metro de Maelbeek causando mais 20 mortos. O balanço total é de 34 mortos e mais de 180 feridos. A estação de metro de Maelbeek fica muito próxima de várias…

  • Atualidade,  Informação

    Jogo entre Portugal e Bélgica joga-se em Leiria

    A Bélgica e a Europa acordaram esta terça-feira em sobressalto. Dois ataques terroristas reivindicados pelo Daesh abalaram ontem a cidade de Bruxelas. O primeiro, quando os relógios marcavam 8 horas (locais), no aeroporto de Zaventem: dois homens fizeram-se explodir ao pé da zona de check-in da American Airlines. Uma hora depois outra explosão, agora na estação de metro de Maelbeek. Desde logo se levantaram dúvidas acerca da realização do jogo amigável entre as seleções da Bélgica e de Portugal, inicialmente marcado para a próxima terça-feira, na capital belga. Em novembro, depois dos ataques em Paris, dois jogos foram cancelados: Alemanha-Holanda e Bélgica-Espanha. Agora, à semelhança do que aconteceu naquela altura,…

  • Atualidade,  Informação

    Bélgica sob ameaça de ataques terroristas

    Militares belgas patrulham a cidade. Fonte: Yves Herman/Reuters De acordo com o gabinete do Ministério do Interior belga, o país pode estar sob uma “ameaça iminente” que requer medidas de segurança apropriadas. Enquanto o mundo ainda está de luto por causa dos atentados que aconteceram na capital francesa, há uma semana, os ataques terroristas não pararam. Num curto espaço, o hotel Radisson Blu no Mali foi vítima de uma tomada de posse por parte da organização Al-Mourabitoun; o Iêmen foi vítima de um ataque-suicida que provocou a morte de mais 13 civis; na última terça-feira, a Nigéria sentiu o medo do Boko Haram, que, numa explosão, causou cerca de 31…