• Atualidade

    Catalunha: Tribunal Constitucional espanhol anula declaração unilateral de independência

    A declaração unilateral de independência da Catalunha tinha sido aprovada no dia 27 de outubro, numa votação secreta com 70 votos a favor, 10 contra e duas abstenções, onde a oposição não esteve presente. O Tribunal Constitucional espanhol anulou esta quarta-feira a declaração unilateral de independência da Catalunha, aprovada no Parlamento regional catalão a 27 de outubro. A declaração já havia sido suspensa pela Justiça espanhola, depois do Governo espanhol ter considerado que o documento ia contra a Constituição. O Governo espanhol tinha solicitado a anulação do documento há quase duas semanas, depois de este ter sido aprovado à revelia do Estado espanhol, numa votação secreta com 70 votos a favor,…

  • Atualidade

    Emitido mandado europeu de detenção contra Puigdemont

    Esta quinta-feira o Ministério Público espanhol pediu à Audiência Nacional a emissão de um mandado de captura internacional contra o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, e mais quatro membros do Governo catalão que o acompanham em Bruxelas. Tudo começou quando no passado sábado, dia 30 de outubro, o executivo de Mariano Rajoy anunciou a dissolução do parlamento regional, a destituição de todo o governo catalão e a realização de eleições para 21 de dezembro. Após estas declarações, Puigdemont viajou para a Bélgica na passada segunda-feira. O líder da Generalitat afirmou não ter ido em busca de asilo político. Foi para “levar o problema catalão ao coração da Europa” e promover…

  • Atualidade

    Catalunha: centenas de milhares gritam pela união de Espanha e pela prisão de Puigdemont

    A manifestação a favor de uma Espanha unida e da prisão do ex-líder catalão, Puigdemont, foi organizada pela “Societat Civil Catalana” e ocorreu no passado domingo no Paseo de Gracia, uma das avenidas mais movimentadas de Barcelona. Em consequência da declaração da independência unilateral da Catalunha, a organização “Societat Civil Catalana” organizou uma manifestação no passado domingo, que juntou centenas de milhares de pessoas no centro de Barcelona, cujo lema principal era “Todos somos Catalunha! Pela convivência, sensatez”. Segundo a polícia local, o número de manifestantes era cerca de 300 mil. No entanto, a organização do protesto afirma que um milhão de pessoas marcou presença na capital catalã. O objetivo…

  • Atualidade

    Senado aprova, em Madrid, o artigo 155º e parlamento catalão proclama independência

    O Senado espanhol aprovou, esta sexta feira, o artigo 155º da constituição espanhola. Em resposta, o parlamento catalão proclamou a independência catalã com 70 votos a favor, 10 contra e 2 em branco. O presidente da Comissão Europeia já reagiu aos acontecimentos. Ainda é um acontecimento recente, mas já é seguro afirmar que Mariano Rajoy (presidente do governo espanhol), atuará no sentido de punir os atos inconstitucionais do governo da Generalitat (governo da região autónoma da Catalunha). O governo espanhol irá fazer-se valer do artigo 155º da constituição de Espanha. O governo catalão, mesmo sabendo das pretensões do Senado espanhol, aprovou a declaração de independência com cerca de 90% dos…

  • Atualidade

    Catalunha: sessão parlamentar suspensa

    Um dia após um novo confronto entre Puigdemont e Rajoy, a sessão do parlamento regional catalão foi suspensa por decisão do Tribunal Constitucional espanhol. A medida visa impedir uma possível declaração de independência por parte da Catalunha. A suspensão surge depois de este tribunal ter recebido uma petição, esta quinta-feira, do Partido Socialista da Catalunha no seguimento da convocação de uma sessão parlamentar para a próxima segunda-feira, dia 9. O recurso apresentado pelo (PSC), – antagonista do movimento de cisão –, enfatiza que a convocação da sessão plenária significaria “ignorar a suspensão proveniente do Tribunal Constitucional”, acerca da Lei do Referendo. Aprovada a 6 de setembro, tendo sido entretanto suspensa…

  • Atualidade

    Catalunha vai a votos: sim ou não à independência

    Dia 1 de outubro é dia de a Catalunha, comunidade autónoma de Espanha, ir a votos. Apesar de o Tribunal Constitucional espanhol ter declarado o referendo pela independência catalã ilegal, o governo regional continua a considerá-lo legítimo. Apesar de a lei do referendo ter sido aprovada com 72 votos a favor, nenhum contra e 11 abstenções, a verdade é que no momento da votação estavam apenas 83 dos 135 deputados presentes no parlamento, isto porque os socialistas catalães (PSC), o partido Ciudadanos e os conservadores do PP abandonaram o hemiciclo para não darem cobertura àquilo que declararam como uma “ilegalidade”. Contudo, poucas horas depois, o presidente da Generalitat, governo independentista…