• Artes Visuais e Performativas

    Se não sais de ti, não chegas a saber quem és

    Seguindo a preceito o texto do Conto da Ilha Desconhecida, de José Saramago, a encenação de Rita Lello, n’A Barraca, em Santos (Lisboa), é, mais do que uma lição de vida, uma aula da arte de fazer teatro. Os homens do leme são quem nos guia. Quem nos leva lá aonde temos de ir, quem nos ruma lá para onde está nosso destino traçado, seja ele conhecido, seja ele uma incógnita, uma dúvida, um desejo, ou sonho somente. O homem do leme nos leva; nos conduz. É assim que começa o espetáculo: ao bar, no segundo piso do cansado prédio d’A Barraca, vem um homem, de fato-macaco amarelo, meias de…

  • Made In ESCS,  Secções

    BLA. E fez-se luz.

    Quantas lâmpadas tem a Escola Superior de Comunicação Social (ESCS)? A resposta – ou uma tentativa de – está no final. Independentemente do número, desde o passado dia 25 de fevereiro, uma nova lâmpada foi acesa. Porquê? Porque o André quis comer pizza. O mundo gira em torno da comida. É ela que ilumina os estômagos e lhes dá a energia necessária para produzir ideias. Foi um alimento que espoletou a teoria da gravidade de Newton e talvez não tenha sido por acaso. Hoje, num mundo onde a fast-food prevalece, as maçãs dão lugar à massa fofa e tiras de bacon e pepperoni ligadas por fios quentes de queijo mozarela.…

  • Opinião,  Secções

    Vítima do Sistema

    Antes de começar, há que pedir desculpa aos excelsos três leitores que me leem pela prolongada ausência. Fui, pois, como seria de prever, detido pelas forças secretas da polícia portuguesa no dia imediatamente após ter defendido com veemência exemplar a existência do Estado Islâmico na sua área de influência. Desde então, estive sob coação da CIA, em Cuba, na prisão que o presidente Obama prometeu encerrar, mas que, por na verdade ele não ser nem de perto o homem mais poderoso do mundo, ainda tem T0 para arrendar a todos aqueles que ponham em causa a ordem mundial proliferada pelos sempre isentos media ocidentais. Como o desemprego faz parte do…

  • Opinião,  Secções

    O Anarquista Que Queria ser Rei

    Nisto não há vencedores ou vencidos. Há fações ideológicas com mais representantes e outras com menos. Um governo saudável, um parlamento saudável, não tem maiorias de nada: tem uma ampla representatividade daquelas que foram as escolhas do país. Ninguém ganha legislativas, ninguém perde legislativas. Um governo minoritário (do centro) seria a melhor coisa que podia acontecer a este país. Um executivo com pouca representação partidária, sem aficionados, sem perversidades fanáticas e bimacrocefalias exageradas, vigiado por duas grandes oposições – uma à esquerda e outra à direita –, terá as melhores condições para governar com isenção. Porém, vejam só, este país longe está de uma utopia. E por dela tão longe…

  • Opinião,  Secções

    A minha pizza é maior que a tua

    A frustração de um homem é proporcionalmente inversa ao tamanho da sua pizza. Quanto maior a pizza, menor a preocupação em mostrar que a tem grande. Quanto menor, maior a vontade de esfregar na cara do adversário que a dele é ainda mais pequena. Pouca coisa pode ainda ser dita sobre esse obscuro e misterioso fenómeno social que sempre são as campanhas eleitorais para qualquer coisa. Este ano, para as Legislativas de 4 de outubro, porém, a estupidez está, em grande medida, a vencer por largos pontos ao bom senso. É o sinal dos tempos. Na nossa Escola Superior de Comunicação Social, no ano passado, haver apenas uma lista concorrente…

  • Informação

    Dois semestres com demasiada coisa

    Até tirei a gravata. Para fazer este texto, desapertei, ao melhor estilo Tsipras, o colarinho, tirei a gravata, saquei de um cigarro, pensativo, e, literalmente no meio de um concerto do Grupo de Sarroncas da Universidade da Terceira Idade de Sintra (longa história), peguei no computador e lá me pus a escrever, perante olhares inquisitórios.   E eis que chega ao fim. Termina aqui, hoje mesmo, com estas linhas que estão neste momento exacto lendo, dois semestres de Ensino Superior, dois semestres de ESCS MAGAZINE, dois semestres com demasiada coisa. Eu cheguei no fim, cheguei há coisa de um mês, se tanto.   Na última semana, quis o nosso editor…

  • Informação

    Youth Summit 2015 – «Não se fiquem pelas bicicletas, procurem os foguetões»

    Motivar. Era esta a principal ideia da Youth Summit 2015, organizada por e para jovens, e que inaugurou as Conferências do Estoril, no dia 19. Mas para além disso, conseguiu que os “líderes de amanhã” viajassem pelo mundo e por si mesmos, sem sequer sair do lugar. “É uma oportunidade única para falar com líderes internacionais”, disse Maria, aluna holandesa que colaborou na organização da Youth Summit, a face das Conferências do Estoril (CE) que está virada para os estudantes universitários. As Conferências do Estoril (CE) começaram, assim, “com jovens a ocupar o papel principal”; o que, para Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais (CMC), é a “melhor…

  • Informação

    Marketing Journeys 2015 – Aprender com profissionais de sucesso

    A 4.ª edição do evento Marketing Journeys decorreu durante todo o dia de 7 de Maio, no ISCTE-IUL. Com um painel de oradores reconhecidos nacional e internacionalmente na área do Marketing e da Comunicação, o tema principal abordado foi a metamorfose, sendo que cada orador falou da evolução da sua marca. A ESCS MAGAZINE esteve no auditório do ISCTE-IUL e conta-te agora todos os pormenores sobre tudo o que por lá aconteceu. O evento iniciou-se por volta das 9h30, quando os participantes – maioritariamente jovens e estudantes – começaram a chegar ao edifício da faculdade que dava acesso ao auditório. O espaço estava calmo, bem organizado pelo NAMI (Núcleo de…

  • Informação

    PSP sai à noite em Lisboa

    Com o objectivo de detectar “situações de risco” na via pública, a PSP esteve na rua, na madrugada do passado sábado. 18 jovens, com menos de 16 anos, foram identificados a consumir drogas e álcool. A PSP esteve no Bairro Alto e na Avenida Dom Carlos I, entre as 00:15 e as 05:00 do passado sábado, dia 16, para, explica o Comando Metropolitano da PSP em comunicado, citado pela LUSA, proceder à “identificação de crianças (menores de 18 anos) que se encontrassem na via pública a consumir álcool e drogas, sem a supervisão de um adulto responsável, estando por isso sujeitos aos perigos de um crime ou de um acidente”.…