• Opinião

    Abracadabra

    É um fenómeno extremamente interessante. As pessoas, e talvez também eu, estão coerentemente à espera de que lhes chegue uma fórmula de sucesso. Ouvimos os professores, repugnamos o “chove no molhado”, o “eu já ouvi isto noutra cadeira”, como se as verdades estivessem escondidas e constantemente vedadas, qual poder enraizado e corrupto a impedir-nos de singrar na vida. “Spoiler alert”: não há verdades absolutas nem pós mágicos de sucesso no mundo dos negócios, ou em qualquer tema da nossa vida caso se estejam a interrogar. Claro que conhecimento é útil e necessário – quanto mais melhor – mas, porque nos forma como pessoas, essa informação aumenta-nos a nossa perspetiva, como…

  • Música,  Secções

    George Martin, o Beatle Honorário

    Poderá uma carreira ser mais bem definida por uma citação? “Pensei: ok, estamos todos a tirar fotografias do que acontece. Mas não temos de tirar uma fotografia, podemos pintar”, afirmou George Martin, perante a afirmação de que a qualidade de um produtor se media pela sua capacidade para reproduzir da forma mais fiel possível o som tocado pelos músicos. Em 1962, decidiu, pela primeira vez, chamar a estúdio uma pequena banda de Liverpool, conhecida apenas a nível regional, depois de ouvir uma cassete enviada pela mesma. Após ter começado as gravações, Martin rapidamente perdeu interesse enquanto a banda tocava Besame Mucho e foi para a cantina, deixando os engenheiros de…

  • Música,  Secções

    Villa Soledade: e o céu explodiu.

    Foi enquanto quarteto que os Sensible Soccers se fizeram ouvir a partir de Vila do Conde para Portugal inteiro, tornando-se uma das bandas mais importantes e refrescantes do panorama musical nacional. Se “Sofrendo Por Você” foi o som pré-LP mais sonante do grupo que cativou a atenção de alguns, o álbum de estreia “8” ditou que a sua presença iria ser duradoura. A banda apresentou na Galeria Zé dos Bois nos passados dias 12 e 13 de março, com ambos os concertos esgotados, o novo álbum, lançado no primeiro dia do mês, “Villa Soledade”. Será que, depois de um álbum aplaudido por todos, o agora trio iria superar-se a si…

  • Literatura

    ENTREVISTA – Luísa Fortes da Cunha: “O sucesso é sempre uma incógnita”

    Luísa Fortes da Cunha é já um nome forte da literatura infanto-juvenil portuguesa. Aos 55 anos, Luísa, formada na área da Educação Física, é a autora dos famosos livros da colecção “Teodora”, que já vendeu milhares de exemplares em Portugal e que está também publicada no estrangeiro. Como é que a Educação Física se cruza com a escrita? Ter como formação a área da Educação Física não é tão estranho assim. Posso até acrescentar que, se não tivesse ido para a Faculdade de Motricidade Humana, talvez nunca tivesse chegado à escrita. Foi na Faculdade que o Professor Noronha Feio, ao leccionar uma cadeira sobre o povo português, me fez apaixonar…