• Música

    PLAYLIST – As músicas que marcaram o nosso verão

    Mais um verão passou. Cheio de bons momentos, crescimento e aventuras. A música está sempre à nossa volta e por isso decidimos, este mês, dar-vos as sugestões das músicas que marcaram o nosso verão. O regresso ao quotidiano, aulas e trabalho é inevitável, apesar de todos querermos continuar a estar na praia, a dar mergulhos e a torrar ao sol. Aproveitem esta playlist e digam um adeus ao verão! Bernardo Madeira: Kesha, “Praying” Não foi um verão fácil. Foi repleto de momentos difíceis e foi uma fase mais em baixo da minha vida. Mas quando ouvi o 1.º single de Rainbow, Praying, o qual depois repeti vezes e vezes sem…

  • Música

    Mac 2.0

    É decididamente difícil dissociar Mac DeMarco do seu estilo habitual: descontraído, goofy e inegavelmente despretensioso. Estes traços fluem também para música, transparecendo, de forma óbvia, nos seus trabalhos anteriores. Neste terceiro álbum, porém, é possível ver uma mudança. Não lhe chamaria crescimento ou maturação, sendo que, pelo menos para mim, o Mac terá sempre aquela síndrome de Peter Pan, preso a um look relaxado e pateta. No entanto, é impossível negar uma nova direção sonora, mais atenta e introspetiva, com uma atenção redobrada nas suas letras, mais refinadas e confessionais. Esta natureza mais intimista é logo ilustrada na primeira música “My Old Man”, na qual Mac confronta a dura realidade…

  • Música

    Volcano a.k.a. psicadelismo às colheradas

    Após a estreia de Sun Structures, uma piscina de acid-wash, cores psicadélicas e muito revivalismo à mistura – álbum que foi esbanjado com elogios dos críticos, sendo nomeado o álbum do ano pela Rough Trade -, era difícil imaginar como poderiam os Temples acompanhar e superar tal sucesso. Agora, os meninos maravilha neo-psicadélicos estão de volta com Volcano, um álbum que soa mais polido, com um estilo mais nítido e ainda com uma clara carga retro. O primeiro single, “Certainty”, começa lentamente, crescendo ao longo da música, com sintetizadores pesados e guitarras fuzzy a acompanhar. Estamos sem dúvida perante um hino de festivais de verão. A partir daí, o álbum…

  • Música

    Choose life. Choose a job. Choose a good soundtrack.

    Existem bandas sonoras que não vivem sozinhas e estão para sempre associadas a certo filme ou mesmo a determinada cena. É impossível desassociar o Singin’ in the Rain do Gene Kelly ao rodopiar num candeeiro de rua, ou ouvir a Marcha Imperial da Guerra das Estrelas e não imaginar o Darth Vadder a entrar em cena, ou até mesmo ouvir o Circle Of Life e conseguir não ver o sol a nascer numa savana, com os animais a despertarem. Existem poucas bandas sonoras assim, tão completamente ligadas à sua história, que são quase outra personagem do filme. Para mim, um destes casos é o Trainspotting, e o culpado número um…

  • Música

    BBC Sound of 2017 – a bola de cristal da música

    O BBC Sound Of nasceu em 2003 com o objetivo de dar a conhecer os novos protagonistas do mundo da música. Sendo que alguns dos vencedores anteriores incluíam Adele, Sam Smith, HAIM, Years and years e Ellie Goulding, este ganhou reputação como um um vislumbre para o futuro. Os artistas selecionados são todos escolhidos a dedo por um painel de peritos imparciais da indústria da música. Este ano, os tastemakers foram escolhidos pela BBC News, sendo que a lista completa é publicada online. O painel inclui apresentadores e produtores da BBC, bem como jornalistas, bloggers e outras figuras do meio, como organizadores e bookers para alguns dos maiores festivais (Glastonbury,…

  • Capital,  Secções

    Seis lojas invulgares em Lisboa a.k.a Guia para não voltar a oferecer prendas aborrecidas

    Já não há volta a dar: o Natal está à porta. E com ele, a terrível lista de prendas para oferecer. É fácil cair na rotina de oferecer o mesmo de sempre; assim, arranjámos seis lojas diferentes em Lisboa, para não caíres na tentação de voltar a dar um par de meias aos teus primos. Mona Em primeiro lugar temos a Mona. Situada na rua das Janelas Verdes em Santos-o-velho, esta loja apresenta conceitos originais que têm por base objetos comuns. Difícil de perceber? Tudo começou quando os seus donos visitavam lojas de museus e gostaram da ideia: objetos com design mas funcionalidade. A loja funciona também como uma galeria…

  • Música,  Secções

    Bon Iver dá-nos um albúm que é “um num milhão”

    http://movethatjukebox.com/Façam rufar os tambores: após cinco anos de espera, temos um novo álbum de Bon Iver, intitulado 22, A Million. Tudo começou no dia 12 de agosto deste ano quando, na sua cidade natal de Eau Claire, em Winsconsin, Bon Iver tocou uma música nunca antes ouvida, tendo anunciado que seria de um trabalho novo a ser lançado em setembro. Enquanto o concerto decorria foram colocados no youtube do músico, como um presente para os espetadores do concerto e também o resto dos fãs, dois singles novos ( “22 (OVER S∞∞N)” e “10 d E A T h b R E a s T ⊠⊠”). O músico contou à imprensa…

  • Capital

    Bella Ciao – De Roma com amor

    É difícil não nos sentirmos atraídos para o Bella Ciao. Na rua do Crucifixo, a dois minutos da saída do metro, podemos encontrar uma pequena cantina, com um ambiente muito descontraído, caseiro e despretensioso. Apesar de ser uma “cantina italiana”, este restaurante não serve pizzas. Porém, podemos escolher entre uma variedade de massas, todas elas reconfortantes e ricas, como se acabadas de fazer pela típica “Mamma”. A decoração é muito acolhedora, com mesas corridas – daí cantina –, cadeiras de madeira e a sempre presente toalha com axadrezado vermelho, como que saída do filme “A Dama e o Vagabundo”. As massas são de comer e chorar por mais. Estas vêm…

  • Música,  Secções

    A aventura caleidoscópica dos Boogarins

    Era a receita perfeita para uma noite bem passada: o bom tempo que ainda restava do verão, o MusicBox esgotado e uma banda cujo protagonismo em terras lusas não para de crescer. Tendo entrado em palco uns minutos depois da hora marcada, os Boogarins não perderam tempo e começaram logo com uma arrebatadora amostra do seu primeiro álbum, com “Canção Perdida”, que ligaram a “Falsa Folha de Rosto”, do seu último trabalho. Estava então lançado o mote para um concerto que se destacou pela música inebriante e ambiciosa, mas também por um ambiente entre amigos, caloroso e despretensioso. Fonte: Inês Sousa Vieira | curlymess.pt Seguiram-se “Tempo” e “6000 Dias”, ambos…

  • Música,  Secções

    Os Capitão Fausto já saíram de debaixo das saias da mãe

    “Trabalhar nunca me fez bem nenhum, mas é melhor que ver o tempo a passar”, assim começam os Capitão Fausto, na primeira noite das suas duas datas esgotadas no Lux. Para arrancar o concerto, que superou a hora e meia, “Morro Na Praia”, também a faixa inaugural do seu novo CD. É fácil perceber que o destaque principal da noite seria o mais recente trabalho, mas pelo coro, entoado pelo público, ninguém diria que se tratava de músicas novas. “Semana Em Semana”, “Corazón” e “Os Dias Contados” foram trauteadas facilmente e sem hesitações. Músicas diretas ao assunto mas com novas camadas que resultam especialmente bem ao vivo. Se a lotação…