Artes Visuais e Performativas

Teatro D.Maria II – A tão desejada reabertura dos teatros

No passado dia 11 de março, foram anunciadas as novas medidas de desconfinamento gradual para Portugal.

Após ser anunciado o plano de desconfinamento para o prisma nacional, ficou estabelecido que, embora as regras gerais se mantenham para o teletrabalho, a limitação horária e o corte na circulação para época da Páscoa, os vários ramos de serviço público – tais como bares, museus e, claro, teatros – vão voltar a abrir.

Fonte: https://www.dn.pt/artes/fora-do-palco-tambem-ha-teatro-5018848.html

A abertura de todas as salas de espetáculos, tais como auditórios e teatros, está prevista para o dia 19 de abril. Teatros como o Dona Maria II, que acompanharam este confinamento através de programas online e de novas formas de exposição, planeiam agora os novos processos de bilheteira para que tudo corra de acordo com as normas da DGS. Este plano de desconfinamento visa, acima de tudo, proporcionar a estes espaços tempo suficiente para que todas as normas sejam definidas e cumpridas, de forma a assegurar ao máximo a segurança de todos os espetadores e artistas. 

De acordo com o Teatro Dona Maria II, o plano está a ser traçado e é já no dia 5 de abril que serão anunciadas as novas atualizações ao programa do teatro. Para aqueles que tenham adquirido bilhetes futuros para os programas online: nada temam; o teatro estará disponível para responder a todas as questões através dos seguintes contactos: 

–  800 213 250 (gratuito)

– bilheteira@tndm.pt

Fonte: https://images.app.goo.gl/M7EbXfQctoBoBGF47

Até ao dia 19 de abril, a cultura continua a chegar a casa dos portugueses através dos projetos “Sala online” e “Salinha Online”, que disponibilizam conteúdos, quer para adultos, quer para os mais pequenos, de forma a que toda a família possa desfrutar de novos conteúdos artísticos e, claro, sair de casa, mesmo que por enquanto seja só por fruto da imaginação.

O Teatro Nacional D.Maria II, tal como todos os teatros de Portugal, tem adotado, exaustivamente, medidas de apoio aos profissionais da cultura durante a pandemia e, neste momento, essas medidas estão novamente a ser adaptadas da forma mais sustentável possível. Apesar de tudo, o trabalho não para – quer por parte dos espaços, quer por parte de todos os artistas envolvidos.  

É certo que esta programação pode sofrer alterações a qualquer momento, mas por enquanto esta é a atual programação para o desconfinamento cultural. Para aqueles que precisem de renovar as estantes de leitura: as livrarias estão finalmente abertas e, no que toca a museus ou galerias de arte, poderemos todos voltar a visitá-los a partir do dia 5 de Abril. 

Por enquanto, devemos continuar em casa e esperar pacientemente pela oportunidade de voltar a apoiar as artes. 

Artigo revisto por Andreia Custódio

Andreia Simão

Se não estiver atrasada para algo, é possível que se tenha esquecido completamente. A luta por acabar o curso de Jornalismo está quase a chegar ao fim, contudo, ainda não decidiu qual das suas paixões seguir: A rádio ou a imprensa escrita. Por enquanto vai correndo de núcleo em núcleo! Porquê escolher só um?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *