6 livros para comprares nos saldos

2020 começou em grande e com ele vieram os saldos! Mas se pensas que nos saldos só se compra roupa, estás enganado! Os livros também são uma categoria que beneficia dos descontos típicos da época e, por isso, aqui vêm seis sugestões de livros que deves comprar nestes saldos!

#1 O Tatuador de Auschwitz de Heather Morris

View this post on Instagram

📚 O TATUADOR DE AUSCHWITZ – HEATHER MORRIS 📚⁣ .⁣ Olá, amigos leitores! Tudo bem? 🤓📚⁣ .⁣ Mais uma resenha de mais um livro de guerra por aqui… Desculpem, não consigo evitar! O tema mexe demais comigo e preciso falar sobre!⁣ .⁣ Em “O Tatuador de Auschwitz” conhecemos a história verídica de Lale Sokolov, judeu prisioneiro em um dos mais terríveis campos de concentração do regime nazista.⁣ .⁣ Acompanhamos toda a sua jornada, desde o momento em que chega ao campo, até a hora de reencontrar o amor de sua vida – fora dele!⁣ .⁣ Lale foi um homem extremamente sagaz e observador, além de ser o dono de um coração muito bondoso. Foi em Auschwitz, trabalhando como tatuador dos prisioneiros que chegavam, que ele conheceu o amor de sua vida: Gita, também prisioneira.⁣ .⁣ A história dos dois é incrível e triste e maravilhosa! E não tem como não se emocionar conforme passamos pelas páginas. É mais um dos livros necessários para quem gosta da temática! ⁣ .⁣ Fico imaginando quantos outros Lales e Gitas viveram histórias extraordinárias assim, e que talvez jamais venhamos a saber… Que a voz de Lale seja repassada à todas as futuras gerações e leve adiante sua história e suas lições! ❤️⁣ .⁣ E aí, você já leu? ⁣ .⁣ #vcjaleu #vjlindica #resenhavjl #otatuadordeauschwitz #lalesokolov #holocausto #livros #igliterario #segundaguerra #nazismo #auschwitz #bookgram #heathermorris #bookstagram #leitura #literatura #reading #amoler #historiareal #editoraplaneta #planetadelivros

A post shared by Luiza (@vcjaleu) on

O Tatuador de Aushwitz tem feito furor entre os amantes de literatura e, se há livro que tens mesmo de aproveitar para comprar com desconto, é este. A história captante e impactante do tatuador de Auschwitz e da mulher que o conquistou por completo é uma inesquecível memória do Holocausto.

Estamos em 1942 e Lale Sokolov chega a Auschwitz-Birkenau, onde tem a tarefa de tatuar uma sequência de números no braço daqueles marcados para sobreviver. Estes números acabariam por se tornar um símbolo dos horrores do Holocausto. Gita, que espera na fila pela sua vez, é para Lale um amor à primeira vista – um pelo qual este está disposto a lutar.

O livro é baseado em diversas entrevistas que Heather Morris conduziu a Ludwig (Lale) Sokolov, vítima do Holocausto, e retrata uma história de amor no meio dos horrores de um campo de concentração.

#2 Os Filhos da Droga de Christiane F.

Publicado em 1978, Os Filhos da Droga é um livro impactante e cujas repercussões e admiração se fizeram sentir um pouco por todo o mundo. Christiane F. retrata, através deste livro biográfico, uma adolescente inteligente e como esta se passa a prostituir, de modo a suportar a sua dependência de heroína. O seu relato, bem como o da sua mãe, mostra-nos uma deterioração contínua e crescente do ambiente e situação desta jovem, abordando tudo, desde relações familiares, o fim da infância e início da adolescência, o consumo de drogas e uma falta de acompanhamento e diálogo aberto com os mais diversos tipos de adolescentes.

A história consegue encapsular não só a história de Christiane, como a de vários outros jovens que esta conhece neste ambiente tóxico e que terminam das mais variadas formas. Este é, sem dúvida, um livro a não perder.

#3 A Sombra do Vento de Carlos Ruiz Záfon

O ínicio de uma série de livros cativantes em todos os momentos, A Sombra do Vento é o primeiro livro da série O Cemitério dos Livros Esquecidos, que pode ser lida de qualquer forma (podes começar pelo primeiro, segundo ou terceiro livro e seguir como te apetecer), com a condição de ler o 4º livro depois dos outros, dado que este conclui a história.

O Cemitério dos Livros Esquecidos segue Daniel Sempere, que, n’ A Sombra do Vento, é levado pelo pai a um lugar repleto de segredos e mistérios no centro da cidade velha em Barcelona. A história, que começa em 1945, vai mostrar ao leitor como a vida da personagem principal muda de forma drástica com a introdução de um livro maldito, que desvenda um labirinto de intrigas e segredos, anteriormente bem enterrados numa prateleira em Barcelona.

Esta série vai proporcionar-te uma mistura de intrigas e suspense, com um romance histórico e uma comédia de costumes que se prolongam no tempo. Carlos Ruiz Záfon consegue entrelaçar histórias e enigmas do coração e demonstrar o feitiço que os livros livros podem ter.

Retratando Barcelona do início do século XX, A Sombra do Vento é um mistério literário que mantém o suspense até ao fim e que te vai fazer ansiar pela continuação da história.

#4 Isso Não Pode Acontecer Aqui de Sinclair Lewis

Um livro extremamente atual, mas inicialmente publicado em 1935, Isso Não Pode Acontecer Aqui conta a forma como a vida poderia mudar se, nos EUA, um ditador chegasse ao poder.

Uma crítica aberta aos políticos corruptos e ao materialismo, este livro é publicado aquando da crescente mediatização do fascismo na Europa. Assim, seguimos Buzz Windrip – demagogo xenófobo e racista -, que derrota Franklin Delano Roosevelt nas eleições presidenciais sob a bandeira do regresso da prosperidade e orgulho americanos, mas que acaba por instaurar um regime ditatorial repressivo apoiado por forças militares.

Doremus Jessup, jornalista do Connecticut, testemunha o horror deste novo regime e a compreensão de como a democracia é frágil, passando a fazer frente à tirania, de forma clandestina.

#5 Dispara, Eu Já Estou Morto de Julia Navarro

View this post on Instagram

“Dispara yo ya estoy muerto” (Julia Navarro) Este fue un libro que leí el verano pasado y que me gustó muchísimo. Superó mis expectativas. Terminé de leerlo con la piel erizada y conmovida a mil. Con esas ganas de abrazar a alguien o a una misma mientras vas asimilando que lo terminaste de leer. Es una novela histórica con muchos personajes que resultan entrañables. Una mujer que trabaja en una ONG española viaja a Jerusalén a realizar un informe sobre el conflicto árabe-palestino y empieza un relato que se remonta a tres generaciones atrás. Una misma historia vivida y contada a través de los ojos de judíos y musulmanes: creencias, costumbres, políticas, formas de pensar y actuar diferentes, pero con una historia unida por una amistad a prueba de todo. A pesar de lo larga que puede parecer la novela, no me cansó para nada. Está muy bien escrito, te invita a ser parte de la historia, de la familia, de los conflictos, de todo lo que va sucediendo. Es cierto que alguna parte la sentí repetitiva, pero al siguiente capítulo ya volvía a sumergirme de lleno en la historia. A mi parecer una muy buena novela. Mezcla la desgracia, el odio, la pobreza, la muerte y la supervivencia con el amor, el honor y lealtad, el perdón, la amistad… muy completa. Y el final uuuuyyyy… me dejo sin aliento. No quiero decir más. La recomiendo! #librostertuliasymas #disparayoyaestoymuerto #julianavarro #novelahistorica #librosquehayqueleer #librosrecomendados #mujeresescritoras #bookstagramperu #leoycomparto #leoyrecomiendo #libros #meencantaleer #bookworm #lecturasrecomendadas

A post shared by Libros, Tertulias Y más (@libros.tertulias) on

A autora Julia Navarro tem começado a ser um nome, cada vez mais comum nas livrarias portuguesas, e Dispara, Já Estou Morto é, sem dúvida, um ótimo livro para todos os que já conhecem a autora ou querem começar a ler os seus livros. Este romance histórico retrata o conflito israelo-árabe através de personagens cativantes e cujas vidas se entrelaçam, inesperadamente, no final do século XIX em cidades como São Petersburgo, Paris e Jerusalém.

Dispara, Já Estou Morto traz-nos relações duras e difíceis entre homens e mulheres enquanto lutam por uma casa onde vivam em paz.

#6 Pequenos Fogos em Todo o Lado de Celeste Ng

A maior parte das pessoas já ouviu falar de Pequenos Fogos em Todo o Lado, já que este livro se tornou um New York Times bestseller. A história retrata um subúrbio de Cleveland – Shaker Heights – onde tudo é planeado e pacato, mas que vai mudar com a chegada de Mia e Pearl, uma mãe solteira e a sua filha adolescente, as novas residentes deste bairro.

Elena Richardson, a residente modelo de Shaker Heights, e a sua família são vizinhas desta dupla e as duas famílias tornam-se muito próximas. Contudo, Mia tem um passado misterioso e um certo desprezo pelo status quo desta comunidade que vai ameaçar a paz desta comunidade.

Artigo revisto por Mariana Coelho

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *