A série Dead to Me é mais um grande sucesso da Netflix. Com apenas dez episódios, cada um com cerca de 30 minutos, esta é a série ideal para terminar um dia cansativo. Uma série que se revela extremamente viciante, principalmente porque o final de cada episódio é sempre inesperado. Os fãs já esperam uma segunda temporada, mas a Netflix ainda não confirmou a renovação. 

Esta é uma série que incorpora thriller e suspense com dark comedy. Apresenta um elenco de luxo, com as duas atrizes principais (Christina Applegate e Linda Cardellini) a apresentarem uma química espetacular no ecrã. O facto de serem apresentados imensos detalhes dos acontecimentos é mais um dos pontos positivos. 

A dupla feminina de protagonistas, Jen (Christina Applegate) e Judy (Linda Cardellini), conhece-se num grupo de apoio que as ensina a lidar com as diversas formas de fazer o luto, sendo que rapidamente se tornam grandes amigas.

Judy, à esquerda, e Jen, à direita
Fonte: Vulture

Toda a série é baseada no luto das personagens. No de Jen para com a morte do marido (Ted) e no luto de Judy para com os filhos que perdeu ao longo dos anos através dos vários abortos sofridos. Apesar de todo este drama, ainda é possível encontrar imenso humor, principalmente através do sarcasmo de Jen e da ingenuidade de Judy.

Ao longo dos dez episódios, Jen revela-se obcecada com a morte inesperada do marido, Ted, tentando ao máximo descobrir o que realmente se passou. Jen vai-se afastando e aproximando da descoberta da verdade e ao mesmo tempo fica frustrada com a inutilidade da polícia para com o caso. O espetador acaba por compactuar com ela e ficar também frustrado com a polícia.

A raiva, o ressentimento e a dor com a comédia, o humor e o amor tornam a série especial. Jen e Judy são incríveis juntas e aprofundam a sua amizade cada vez que bebem vinho, contam histórias felizes da sua vida e se encorajam a sair da zona de conforto. No fundo, elas crescem juntas e unidas na tragédia. 

SPOILER ALERT

Cedo o espetador descobre o envolvimento de Judy na morte de Ted, ficando sempre à espera de que ela confesse tudo o que aconteceu naquela noite. Nós (os fãs da série) pensamos na reação de Jen e tememos sempre que o pior possa vir a acontecer: o fim daquela amizade. Contudo, ficamos seriamente espantados com a sua reação, bem como com o final da série, que se revela surpreendente e mortífero. 

Fonte “thumbnail”: flixable

Artigo revisto por Rita Asseiceiro

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *