Get Even: a vingança

No passado dia 31 de julho, a série britânica Get Even, produzida pela BBC, chegou à Netflix. Ao longo de 10 curtos episódios, acompanhamos a história de quatro raparigas, Bree Deringer (Mia McKenna-Bruce), Margot Rivers (Bethany Antonia), Olivia Hayes (Jessica Alexander) e Kitty Wei (Kim Adis).

            As jovens juntam-se para formar um grupo chamado DGM (Don’t Get Mad), com o objetivo de expor as injustiças que ocorrem na escola e assim conseguirem vingar-se. Daí que o principal slogan do grupo seja “We don’t get mad. We get even”.

            A premissa, à primeira vista, parece bastante básica, já para não falar de que existem dezenas de outros filmes e séries que abordam temáticas deste género. Passamos os episódios todos com a sensação de que não estamos a ver nada de novo e de que algumas cenas até nos são familiares. Contudo, não conseguimos parar de assistir.

Fonte: Youtube

O principal aspeto positivo é o facto de a série não perder tempo a enrolar demasiado o espetador, até porque com 25 minutos de episódio isso seria praticamente impossível. Repleta de drama adolescente e de mistério, a série consegue ser divertida e interessante ao ponto de vermos todos os episódios num só dia, sem sequer darmos conta.

            O principal aspeto negativo, para mim, prende-se com a atuação de algumas das personagens principais que ficam aquém do esperado, mas a banda sonora acaba por compensar muito esses momentos mais fracos.

            Posto isto, se gostas de séries do género de Riverdale, Pretty Little Liars ou Elite, és bem capaz de gostar desta também. No geral, se procuras algo para descomprimir e passar o tempo sem grandes dramas, esta é uma boa escolha. Se queres algo mais denso e com mais conteúdo, não optes por Get Even!

Revisto por Ana Roquete

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *