State of – Política em forma de arte

A peça “State of” de Gerard and Kelly esteve, nos dias 13 e 14 de abril, em exibição no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa (MAAT).

Através do uso de um varão de dança, o artista tem como objetivo a manifestação de uma única mensagem política: o racismo nos EUA é uma realidade ainda demasiado presente.

O espetáculo inicia-se ao som do hino nacional dos USA e com o protagonista ajoelhando-se em frente ao varão. Uma referência a Colin Kaepernick, jogador de futebol americano que foi suspenso pela NFL em 2016 por se ter ajoelhado durante o hino nacional como forma de protesto aos tiroteios policiais contra os habitantes afro-americanos, entre outras afrontas que a comunidade negra sofre nos USA.

Foram várias as referências políticas delicadamente elaboradas ao longo de um espetáculo em que a coordenação e a força física são postas à prova. Com o hino dos USA como fundo da atuação, os dançarinos armaram os punhos no ar, correram em redor do pódio e discursaram ao longo da atuação. Sempre como forma de manifesto em honra do movimento “black lives matter”, recorrendo a importantes referências, tais como a prestação de Tommie Smith e John Carlos nos Jogos Olímpicos de 1968.

Fonte: Redling Fine Art

No final do espetáculo, que contou com uma forte interação com o público, deixando até os mais distraídos subitamente atentos, foi feita uma última referência política. As árvores do Central Park onde ocorriam os linchamentos da comunidade negra são as mesmas árvores onde hoje crianças brincam, onde qualquer pessoa pode apanhar sombra, mas que estão ainda marcadas com o simbolismo de todo o sangue que lá foi outrora derramado.

Fonte: Redling Fine Art

Apesar da pesada e importante mensagem de que “the land of the free” (hino dos USA) é fruto – de uma liberdade seletiva -, e do facto de que ainda nos dias que correm a igualdade é um mito utópico, o espetáculo é feito com uma leveza estonteante, que cativa o espectador através do som, do sentimento que cobre a sala e da fantástica capacidade e destreza dos bailarinos, que se contorcem e balançam num varão.

 Fonte: Redling Fine Art

Fonte “thumbnail”: Festival D’automne à Paris

Artigo revisto por: Joana Silvério

Artigos recentes

Crítica a The Politician

A descrição “comédia dramática” nunca havia sido tão bem aplicada antes. The Politician, uma das mais recentes apostas da Netflix, traz fortes emoções, para além

Ler mais »

te·sou·ro

(latim thesaurus, -i) substantivo masculino 1. Grande quantidade de ouro, prata, coisas preciosas, posta em reserva. 2. Lugar onde se guardam esses objetos (tipicamente escondido)

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *