• Grande Reportagem

    O Mundo Que Só Eu Leio

    O Braille é um sistema de escrita e leitura que existe há quase dois séculos. Ao longo do tempo, foi ganhando novas formas e novos acessos. O braille em papel, método tradicional de leitura para deficientes invisuais, sobrevive à era tecnológica. “H oje em dia está a abandonar-se muito o braille à conta das tecnologias, o que é compreensível. O braille, em termos de arrumação, ocupa muito espaço. Um livro vosso [normovisuais] são 20 volumes ou mais em braille, o que custa arrumar.” Cati de Matos Ramos, tem 42 anos e nasceu com deficiência visual. Há 7 anos, perdeu a visão total. O sistema braille foi criado pelo francês Louis…

  • Literatura

    As melhores redes sociais para quem adora ler… e partilhar!

    Ler livros é ótimo, mas poder partilhar o que lemos com os outros é ainda melhor! Numa altura em que estamos cada vez mais próximos da tecnologia, da internet e das redes sociais, é preciso tirar o melhor partido dela. Então, por que não juntar o melhor dos dois mundos? Bónus: para além de partilhares o teu gosto por livros, consegues ainda descobrir leituras novas! Existem muitas opções, mas o pequeno apontamento que aqui fica é um conjunto de sugestões mais práticas e de fácil acesso para os devoradores de livros em Portugal: GoodReads Criado em 2006, este site ajuda-te a encontrar a tua próxima leitura, a descobrir novos autores…

  • Literatura

    Novidades editoriais de abril

    Olá! Sê muito bem-vindo à nova rubrica da secção de literatura. A partir de agora, todos os meses vão existir as novidades editorais onde te vou contar quais são os livros que vão sair, onde os podes comprar e em que dia vão ser lançados. Se queres ler um livro novo ou se queres oferecer um livro a alguém pode ser que eu te ajude com os livros que vão sair este mês. Boas leituras!

  • Literatura

    Meses Temáticos – novembro 2016

    A rubrica “Meses Temáticos” chegou para dar um novo dinamismo à secção de literatura. Todos os meses haverá um novo tema sobre o qual os redatores terão de escrever um parágrafo. Esse tema será sempre relacionado com a literatura e trará a opinião de cada um de nós para dar a conhecer, a quem nos lê, um pouco mais sobre as nossas escolhas. O tema do mês de novembro é “O meu livro preferido de infância” e se querem saber se o vosso livro preferido combina com os nossos basta continuarem a ler. A Lenda de Desperaux – Madalena Rodrigues O livro que marcou a minha infância toma como personagem…

  • Literatura,  Secções

    O que fazer quando estamos a ler um livro de que não gostamos

    Vejo um bocadinho a leitura como a vida amorosa. Acho que cada livro que lemos é como se fosse um namoro: se gostamos muito da obra, e esta nos enche as medidas, é um período de grande felicidade e, seja o que for que estamos a fazer, pensamos nela a toda a hora; quando é um livro que tem alguma graça, mas não é propriamente espetacular, é bom para passar o tempo, mas não deixa grandes marcas; quando nos cai na rifa um livro que é aborrecido, cuja escrita não nos interessa, ou um com o qual não nos identificamos, a coisa torna-se feia. Neste último caso, há duas hipóteses:…

  • Atualidade,  Informação

    Plano Nacional de Leitura termina em 2016

    O verão de 2016 trará o fim do Plano Nacional de Leitura, segundo afirmou Fernando Pinto do Amaral, na Conferência Internacional do Livro, que decorre durante quinta e sexta-feira na Fundação Calouste Gulbenkian. Uma vez que os níveis de literacia, quer da população no geral, quer dos mais jovens, têm valores reduzidos em Portugal, quando comparados com o resto da Europa, criou-se, com o alto patrocínio da Presidência da República, o Plano Nacional de Leitura. Em vigor desde 2006 para melhorar a escrita e a leitura dos portugueses, assim como para incentivar os hábitos de leitura desde a infância, o Plano Nacional de Leitura terá, em dez anos, cumprido os…

  • Literatura,  Secções

    Ebooks vs Tradição

    Há uma nova tendência no mundo dos livros: os ebooks. Já todos ouvimos falar deles, mesmo que ainda não os tenhamos experimentado. Há quem diga que não têm futuro, mas algumas vozes afirmam que é o fim dos livros em papel. Cá por mim, nem tanto ao mar nem tanto à terra… Como leitora assídua, o acto de ler constitui para mim uma espécie de ritual. Passar a mão pela capa, passar os dedos pelas folhas até descobrir em que sítio estava e, por fim, retomar a história. O cheiro das páginas é dos meus preferidos. Se as páginas são mais grossas e polidas, quase plásticas; se são de papel…

  • Literatura

    E agora leio o quê?

    És daquelas pessoas que adora ler mas que nunca consegue decidir aquilo que quer ler? Existem vários sites onde podes aceder a milhares de sugestões baseadas naquilo que leste ou naquilo que os teus amigos leram, como o Goodreads, ou baseadas naquilo que compraste recentemente. E, entretanto, surgiu o What Should I Read Next?. O que é o What Should I Read Next?, perguntam vocês. Ora bem, é um site com duas vertentes: numa delas, basta pesquisarem o título ou o autor do livro que estão a ler e imediatamente vos são sugeridos uns quantos livros do género que podem ser do vosso interesse. Depois, têm a hipótese de criar…